Vamos dar um Pulinho no Pátio?

Publicado: 04/05/2009 por Dário Estevão em Devocionais, Notícias
Tags:, , , ,

Olá Personas,

Essa frase hoje não é utilizada para um passeio no Pátio Brasil Shopping, mas sim para os inúmeros casos de suicídios naquele local.

Quem já não ouviu falar dos inúmeros suicídios que ocorrem no Pátio Brasil? Pois é, esta semana o Correio Braziliense publicou uma matéria que são mais de 12 casos desde 2001.

Eu acho que é a primeira vez que vejo um Jornal publicando alguma matéria sobre o assunto. Creio que esse número é muito maior. Há uma cumplicidade até dos próprios vendedores em não divulgar nenhuma notícia relacionada a isso, imaginem a administração do shopping falar algo a respeito.

Falam que a maioria são Emos. Outros falam que não tem nada a ver, que é somente um local de fácil acesso ou são lugares bonitos e públicos, onde se acredita que é para “imortalizar e glorificar a própria morte na forma de um eloquente discurso final”.

Leiam a matéria abaixo sobre o assunto e depois voltem para comentar:

http://www.correiobraziliense.com.br/html/sessao_13/2009/05/02/noticia_interna,id_sessao=13&id_noticia=104445/noticia_interna.shtml

Temos que orar a Deus por essas vidas que estão se perdendo. Será que podemos fazer algo para que isso mude?

Que nossos pulinhos sejam de alegria, de regozijo, de comemoração… Saltemos e pulemos na presença do Senhor. Como está escrito em II Samuel 22:30:Porque contigo passo pelo meio de um esquadrão; pelo meu Deus salto um muro.

Blessing
Dário

Anúncios
comentários
  1. Duarte Henrique disse:

    “O suicídio é a única questão filosófica realmente relevante”… já disse alguém. Realmente é algo complexo, pois segundo os existencialistas significa a negação da própria liberdade. Não vejo dessa forma, mas, definitivamente, também não vejo como sendo algo demoníaco ou sob influência satânica, como muitos vêem. Sei que, na verdade, só Deus sabe o que se passa na cabeça de um suicida. EU particularmente não os condeno ao inferno. Só Deus sabe a dimensão do conflito… Penso que seja algo triste. Porém, pior ainda, é ser um vivo-morto, como muitos de nós preferimos ser muitas vezes…

    Abraços.

  2. Roberto disse:

    Essa matéria só mostra que temos que levar o Projeto Esperança adiante e sermos nós mesmos elementos de esperança na nossa sociedade, procurando nos envolver e envolver aqueles que nos cercam, de mil formas diferentes, seja cantando uma alvorada, invadindo a casa numa visita, convidando para aquela boa, conversando, chamando para o Sabadão… São coisas simples que precisam de um passo de desafio: as vezes precisamos correr o risco de ganhar um não e mesmo assim não desistir de convidar novamente!

  3. Roberto disse:

    Onde está escrito “boa” leia-se “bola” tá?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s