O Brasil Possui 40 Milhões de Desviados

Publicado: 07/07/2009 por Dário Estevão em Notícias
Tags:,

Olá Personas,

Trago a vocês uma triste realidade. O Brasil possui mais de 40 milhões de evangélicos afastados da casa de Deus. Se hoje eles estivessem fazendo parte da estatística oficial, seríamos quase a metade da população brasileira.

Em uma matéria recente publicada na Revista Enfoque (Cerca de 40 milhões de brasileiros estão afastados da igreja), mostra uma dura realidade dos ex-evangélicos. Muitos já chegaram a serem pastores e hoje estão afastados dos caminhos do Senhor! Quem nunca ouviu falar de histórias parecidas?

Infelizmente eu tenho que concordar com a matéria publicada. Muitas vezes nos preocupamos em levar alguém a igreja e poucas vezes em resgatar os que se afastam. Muitas igrejas estão mais preocupadas em manter os membros atuais, promovendo projetos voltamos para nós mesmos, do que investir em resgatar almas.

As causas dessa saída maciça do povo da igreja se dá várias razões: Mudança de situação de vida, desencantamento com membros e pastores, ocupados demais, dentre outros. Nesta matéria é apresentada uma pesquisa feita nos EUA, que eu tenho certeza que não condiz com a realidade brasileira, mas vale a pena conferir.

Que possamos nos despertar para fazer aquilo que Deus deseja de nós.

Leia abaixo a matéria e deixe o seu comentário:

Cerca de 40 milhões de brasileiros estão afastadas da igreja

Por que há tantos afastados de Deus?

Faz quatro anos que os domingos do eletricista aposentado José Boaventura Boas, 56 anos, não são mais os mesmos. No primeiro dia da semana, ele gosta de ficar no bar com os amigos, jogar dominó, discutir os resultados da rodada, observar as mulheres, beber e freqüentar bailes. Até pouco tempo, ele vivia uma outra realidade. Tinha uma rotina tão agitada que mal conseguia parar para almoçar no dia em que normalmente as famílias se reúnem.

Durante os 25 anos que liderou, implantou e pastoreou igrejas de três denominações da Assembléia de Deus, os domingos de Boaventura começavam cedo com as aulas da escola dominical. Na seqüência, visitava casas de irmãos, doentes nos hospitais e ainda liderava evangelismos nas ruas de Praia Grande (SP). À tarde, quando conseguia um tempo livre, ele usava para preparar a mensagem que ministraria no culto da noite. “O envolvimento com a obra de Deus era um marco em minha vida.”

Entretanto, por causa de desavenças, uma história iniciada em 1º de dezembro de 1979 foi interrompida. Intrigas, mentiras, calúnias e acusações, jamais comprovadas, mas proferidas por seus líderes, o fizeram tomar uma decisão radical: abandonar a casa de Deus.

Boaventura integra uma categoria de crentes que não pára de crescer: os desviados. Estima-se que, atualmente, existam entre 30 e 40 milhões em todo o país. Comparando-se com os dados do último censo populacional, que revelou a existência de cerca de 27,2 milhões de evangélicos, a quantidade de “ovelhas perdidas” é maior do que a igreja oficial. Se esses ex-irmãos que foram evangelizados, discipulados e participaram de cultos permanecessem, a igreja brasileira seria de aproximadamente 70 milhões de crentes, ou seja, quase a metade da população, que é de 180 milhões. Antes de ser vista como uma “ameaça”, a existência desse enorme contingente deve ser compreendida por líderes de todo o Brasil – como um sinal de alerta de que algo não vai bem. Além disso, a realidade mostra que é preciso rever conceitos e práticas para que esse jogo possa ser revertido.

Pastor Sinfrônio Jardim Neto, presidente do Ministério Jesus Não Desistiu de Você, que há 14 anos atua na recuperação de afastados, acredita que a idéia dominante em muitas congregações, que prioriza templos lotados sem se importar com os que saem, é um dos ingredientes que colaboram para o problema acontecer. “Infelizmente, 90% das igrejas não estão preocupadas com aqueles que saíram. Porém, sabemos que buscar a ovelha perdida é uma visão que está no coração de Deus.”

Referência no assunto, com livros publicados e vários seminários e palestras ministrados no Brasil e exterior, ele explica que a reconquista é uma visão que a igreja perdeu ao longo dos anos, mas que atualmente se faz necessária para que os que saíram retornem. “Se a igreja não for atrás dos desviados, a maioria permanecerá no pecado e morrerá sem Deus. Para ser motivada nessa reconquista, a igreja precisa enxergar os soldados feridos com os olhos de compaixão do Senhor Jesus.”

Este, porém, não é um problema exclusivamente brasileiro. Basta lembrar que um dos motivos do enfraquecimento do Evangelho em muitas nações se deu basicamente porque as pessoas deixaram de ir à igreja e passaram a se ocupar com outras coisas. A grande diferença é que, no Brasil, ao mesmo tempo em que saem muitos, outro tanto acaba entrando, o que no final gera um equilíbrio. Para descobrir os motivos da evasão, a Life Way Research (www.lifeway.com) realizou um estudo nos Estados Unidos e percebeu que vários fatores influenciam-na.

Segundo o levantamento, 59% das pessoas decidiram abandonar a casa de Deus por causa da mudança de situação de vida (transferência de cidade, divórcio, nascimento de filhos, morte na família etc.). O desencantamento com os membros e pastores foi apontado por 37% dos entrevistados. A pesquisa também revelou que 19% estavam ocupados demais para participar das atividades da igreja; já 17% disseram que as responsabilidades da casa e família contribuíram para o afastamento. O comportamento dos próprios membros representou 17% dos ouvidos. E outros 12% revelaram dificuldades de envolvimento como maior empecilho.

Foi justamente para descobrir as causas que levam as ovelhas a se perderem que em outubro do ano passado a Faculdade Teológica Sul-Americana (FTSA), em Londrina (PR), promoveu sua V Semana de Estudos com o título “Decepcionados com a Igreja”. O evento, que contou com a participação de acadêmicos, integrantes da comunidade e a presença do pastor Caio Fábio, tentou encontrar respostas plausíveis para questões como: Por que as pessoas se decepcionam com suas igrejas? Quais são os motivos de suas frustrações e desilusões? Que principais motivos levam as pessoas a abandoná-las? “Um pastorado que não busca refletir e entender os motivos que as pessoas possuem para sair da igreja é um pastorado sem a perspectiva do cuidado. Cuidar é se importar”, alerta Jorge Henrique Barro, professor de Teologia Prática da FTSA. “O que deve nos motivar a refletir sobre este assunto é o exemplo de Jesus, que pergunta: ‘Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? E quando a encontra, coloca-a alegremente nos ombros e vai para casa. Ao chegar, reúne seus amigos e vizinhos e diz: Alegrem-se comigo, pois encontrei minha ovelha perdida’”, frisa, citando Lucas 15.4-6.

LONGE DE CASA

Brigas internas, legalismos, decepções com a liderança, sensação de abandono, falsas profecias e promessas de prosperidade não concretizadas são os principais motivos, de uma lista imensa, que levam, cada vez mais, à não-permanência na igreja. Entretanto, é preciso deixar claro que nem todos os afastamentos são motivados por problemas eclesiásticos. Em muitos casos, eles acontecem devido a questões pessoais.

O morador de rua Fábio Paixão França, 37 anos, tem consciência de que seus próprios erros o afastaram do convívio da igreja. Com passagem em três congregações (Cristo é a Vitória, Bola de Neve e Cristo é a Resposta) e uma casa evangélica de recuperação de dependentes químicos, ele roga por uma nova chance: “Eu peço que Deus derrame mais uma gota de seu sangue para que possa ter vergonha e voltar a servi-lo da maneira correta”.
Longe da igreja, os desviados acabam adquirindo características e práticas parecidas. Normalmente, tornam-se arrogantes, frios e indiferentes. Embora estejam vivendo no pecado, ao mesmo tempo, alguns nutrem uma “fagulha de Deus acesa no coração”. O contato com pessoas que vivem longe do Senhor fizeram com que Jardim Neto descobrisse que alguns afastados sentem saudade de Cristo, temem o inferno, possuem a convicção do pecado e até desejam retornar. “Muitos, por acharem que estão livres de Deus, fazem coisas horríveis. Mas ainda existem aqueles que conservam parte do temor de Deus e se esforçam para não se entregarem completamente ao pecado.”

Na internet é possível encontrar páginas, comunidades e salas de discussões que reúnem afastados de várias idades e regiões do planeta. Nesses pontos de encontros virtuais, os membros conversam sobre vários assuntos, mas que geralmente estão relacionados à decisão que tomaram. Muitas vezes, utilizando-se do recurso do anonimato, integrantes abrem o coração e mostram-se arrependidos, como se vê neste depoimento postado na comunidade Desviados que Ainda Amam a Jesus, uma das maiores sobre o tema no Orkut: “Pra mim, foi o fim. Fiquei sem chão, mas depois percebi que teria de procurar um modo secundário de felicidade que nem se comparava à plenitude que eu havia provado ao lado de Cristo”.
Criada na Congregação Cristã do Brasil em Itapira (SP), Karina Felix, 20 anos, também integra uma dessas comunidades virtuais. Há cinco anos, decidiu que sairia da igreja quando descobriu o valor de “usar brinco e vestir calça jeans”. Algo que as rígidas normas da igreja não admitem. Depois de experimentar muitas coisas, namorar, curtir baladas, ela garante que adquiriu uma nova percepção do cristianismo e descobriu que pode alimentar sua fé mesmo fora da doutrina. “Deus está em todos os lugares e cuida de todos os seus filhos. Ele nunca me deixou e eu nunca perdi a fé nEle. Igreja é feita de tijolo e cimento, coisas materiais”, declara. Embora sinta falta de cantar os hinos junto com a orquestra, ela acredita que se sentiria envergonhada se voltasse como se nada tivesse acontecido. “Acredito que eu não volto mais, não tenho forças. Se a volta estiver nos planos de Deus, Ele vai dar um jeitinho, o que é dEle ninguém leva.”

Fonte: Revista Enfoque via Portal Gospel TV

Blessing
Dário

Anúncios
comentários
  1. Isso é interessante para atentarmos para este evento tão triste e devastador…

    Não é nada bom olhar para uma pessoa e descobrir que ela já desfrutou da presença de Deus e agora se contenta com outras coisas…

    Mas ao mesmo tempo é interessante vermos algumas delas com o desejo interno de voltar aos braços do Pai….

    Espero que nossa igreja se atente para esse assunto e crie meios e instrumentos para se aproximar das pessoas que de Deus e de nós se afastaram…

    • Cleber de Siqueira disse:

      Olá , gostei da matéria , se possivel quero receber sempre informações como essa , sou pastor estou preocupado . DEUS abençoe.

      • JOÃO ALVES disse:

        PELO FATO DE SERES UM PASTOR, DEVERIA PELO MENOS TER A DECÊNCIA DE COLOCAR UMA FOTO PERTINENTE COM O SENHOR.

        COISINHAS ASSIM, COMO POR EXEMPLO A IMAGEM DA SUA FOTO, É QUE REVELA O VAZIO QUE ESSES PASTORZINHOS DE HOJE SÃO.

        BOM MESMO É SE CONVERTER E DEPOIS PENSAR EM SER PASTOR.

        FUI!!!

        • janio clecio disse:

          eu acho asim quando a pessoa sai da presença de deus e porque ela nunca teve um encontro com a palavra dele joao 8.36 diz.e verdadeiramente o filho vos liberta verdadeiramente sereis livre..e8.32 e conhecereis a verdade vos livertara…ai depois ta igual o filho prodio se arepende e depois volta deus abençoe a todos

  2. Rômulo de Barros disse:

    É isso aí JOABSON.

    A igreja tem um problema institucional. A ascensão do mercantilismo gospel, a banalização da felicidade etc. Me parece que anda faltando essência nos ministérios implantados.

    A coisa ficou muito profissional, e pouco social. Parece não haver mais aquela comunhão “um por todos, todos por um; todos por Deus, Deus por todos”.

    Olha: não conheço fraqueza maior do que a de um “desviado” – não gosto desse rótulo!

    Engraçado esse negócio do ORKUT aí. Tempos atrás tinha ORKUT e cheguei a ver uma dessas comunidades. Realmente me assustei com o que era dito ali, muito pesado o que diziam. Pessoas totalmente decepcionadas, outras sobremaneira sarcásticas com o divino… Chegaram a satirizar histórias como a de Jonas etc…

    Muito preocupante.

  3. Thiago Neiva disse:

    Sem contar os desviados da fé que estão dentro dos “templos”. O número é muito maior dos que estão fora!

  4. elizabete santana do vale disse:

    este site e muito legal e eu estou fazendo uma festa aqui em minha igreja assembleia de Deus em açailandia que fala justamenteaos desviados chama se o “CULTO DA VELHA 100” E SERA UMA BENÇAO EM NOME DE JESUS A PAZ

  5. diogo gomes dos santos disse:

    gostaria de receber temas e estudos para campanhas dos
    desviados que estão fora das igrejas, pois gosto muito de evangelismo.

  6. Fique muito feliz por encontrar uma matéria tão importante

  7. Fiquei muito feliz ao perceber que a preocupação com a centésima ovelha não ficou no passado, mas está fazendo parte do povo de Deus nos dias atuais. Isto vem nos impulsionar a tomar uma posição para o resgate dos nossos irmãos que stão fora do “aprisco do Senhor”.

  8. Márcia faustino disse:

    Quero muito realizar um culto da centézima ovelha, gostária de receber dicas para este culto. Obrigado!

  9. Pr Benedito disse:

    É com muia tristesa que leio essa matéria , e pergunto , qual as razões para tantos desviados? Talvez A comercialização do evangelho , a hipocresia , sei lá , hoje o evangelho mudou muito , dizem que somos a extenção da igreja primitiva At 2 , mas porém estamos muito longe , imaginem quantos ananias e safira ja teriam morrido , ou seja é de envergonhar , homens que se dizem homens de Deus , mas só querem seus próprios interesses ,enquaqnto levam uma vida abençoadissima , com luxo , os membros lutam para sobreviver,a mensagem principal é dizimo e ofertas , mas a mensagem da cruz e da salvaçao ja era , a mensagem contra o pecado é passado , pois só não prega contra o pecado , quem tem compromisso com ele, o DINHEIRO mudou o conceito de muitas pessoas , é uma vergonha ,é dificil achar uma igreja com homens sérios e preocupados com almas , existem , mas é raridade , o estrelismo tomou conta , que nós possamos clamar a Deus e pedir uma intervenção URGEnTE , para acabar definitivamente com esses mercenários e com toda cúpula que estão aumentando o número de DESVIADOS … DEUS ABENÇOE SUA VIDA… POIS AINDA CREIO NUM EVANGELHO SIMPLES , DE PODER….

  10. Jackson disse:

    A Bíblia diz: “muitos se desviaram da fé” o verdadeiro desviado é aquele que um dia alcansou a fé, o que esta estatística chama de desviados são pessoas que vieram a igreja aceitaram porém logo se afastaram, os desviados da fé são um número bem menor, porém não pequeno.

    • Fernando disse:

      É isso mesmo Jackson muitos vão a igreja em busca de uma benção material como nos dias de Jesus ,quando descobrem que não é bem assim como pregam ai deixam a igreja que na verdade ele nunca fez parte. e se considera um desviado,na verdade ele nunca foi crente,conheço um monte vive dizendo assim:vou na igreja buscar minha benção.e se dizem igreja de Jesus.

  11. wanderson disse:

    oi eu estou em prtugal na europa e a falta de fé em DEUS aqui é assustadora mais DEUS está no controle de todas as coisas inclusive aqueles que estao afastados de DEUS eles ainda tem a marca da promessa de DEUS eu sei ,a paz DO SENHOR JESUS CRISTO nosso unico e verdadeiro SENHOR e SALVADOR.

  12. graca e paz da parte do noso bom DEUS e pai
    sou pr.claudio martins de virginia (U.S.A) gostaria de receber imformacao de site que me de imformacao sobre estastisticas gospel como qtos crentes desviados ha hoje no brasil
    certo de contar com seu apoio deixo meus agradecimentos
    god bless you
    pr.claudio

  13. Cleber de Siqueira disse:

    Sempre que puder gostaria de estar em contato.

  14. daniel braun disse:

    Meus queridos irmãos, muito boa matéria, contudo o número real de desviados no Brasil é indefinido, o IBGE bem que poderia abranger no ultimo censo esta parlela de brasileiros.
    Mas, sobre o último paragrafo, a moça desviada, no meu entender, ao que parece se esqueceu qual é o salário do pecado.

    Muita pas a todos.
    Daniel Braun

  15. George Luna disse:

    Bela matéria!!!
    Faço parte de um órgão conhecido como CRACEADALPE (Campanha de Recuperação aos Caídos do Evangelho) na Assembléia de Deus em Abreu e Lima/PE, e temos observado que os dados da pesquisa são realistas!
    Tratamos os afastados da comunhão e da fé cristã, com amor e carinho; não rechassando-os, mas usando de misericórdia, tentando compreender Às razões que os levaram a afastar-se … neste instante um irmão afastado ligou com esperanças de voltar ao redil do Senhor!
    O amor de Jesus, que envolve uma

  16. George Luna disse:

    continuando: O amor de Jesus, que envolve uma ÍNTIMA COMPAIXÃO, leva-nos a nos colocar no lugar do outro, e sentir as mesmas dores, como se as vivêssemos nelas.
    É importante ressaltar que faz-se necessário, também, e principalmente, tratar dos fracos na fé, pois algumas vezes, mais são os afastados da comunhão que estão dentro da Igrejas, do que a própria membrezia local!
    É necessário abrirmos os olhos e andarmos lado-a-lado com nossos irmãos, compreendendo suas dificuldades e dramas socias (inclusive no relacionamento cristão) para não nos apercebermos também distantes!
    Algo a enfatizar: “É IMPOSSÍVEL TER COMUNHÃO COM CRISTO (a cabeça da Igreja) SEM TER COMUNHÃO COM O CORPO (a Igreja de Jesus). Por isso, despertem ó vós que dormem afastados do Evangelho!
    Querendo compartilhar a mensagem, respondam-me com dados que possam ajudar no cambate ao ESFRIAMENTO ESPIRITUAL que tem envolvido a muitos, e que temos a OBRIGAÇÃO de alcançá-los!
    Que Deus em Cristo vos abençoe!

  17. izabelg2 disse:

    É Triste saber, que tantas pessoas…. se deixaram se seduzir pelas coisas do mundo. Que simplesmente, oferecem alegrias momentâneas e passageiras. O até se desviam, por conta de futilidade como: mágoas ou recentimentos. Oremos, por cada um., para que Deus tenha misericórdia, e os tragam denovo pra junto dEle..

  18. joseli gonçalves disse:

    se pois o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres

  19. Fernando disse:

    Desculpem, cheguei a este site num momento de profundo questionamento existencial.

    Sou desviado há 20 anos do Evangelho e sinto muita saudade daquele tempo. Nunca fui tão feliz, nunca mais tive tanta esperança e fé, pura e simples. Nasci em lar evangélico e confessei Jesus quando jovem. Me afastei por pessoas e situações péssimas, perdi o rumo pois minha vida era a obra de Deus. Sinto que meu futuro me foi tirado, é uma ferida profunda. Fiquei doente na época mas continuei minha vida. Hoje reconheço que Deus sempre me sustentou nos piores momentos e hoje me prospera.

    Tentei retornar há 10 anos mas não foi igual… me desencantei com a igreja atual, muito havia mudado! Comércio da fé, hipocrisia, superficialidade, falta de espiritualidade, de evangelização. E eu também mudei, estudei outras doutrinas e humanismo neste período: tornei-me cético e pecador. Sai outra vez mas não com raiva, apenas vazio.

    Sinto que perdi meu primeiro amor, minha comunhão com Deus e a pureza do Evangelho. Não sou mais jovem e idealista. Mas será que Jesus nunca mais falará comigo como falava com aquele rapaz de 20 anos? Será que seus planos para mim mudaram? Onde está Aquele que me chamou e falava comigo? Queria que Deus falasse comigo, mas só ouço o silêncio. Serei eu ainda parte da sua “grande obra”? Onde está aquela pureza e fé em mim?

    Não é possível voltar no tempo mas gostaria de me reencontrar pois minha identidade estava em Cristo. Se alguém realmente inspirado pelo Espírito puder me escrever, eu humildemente agradeceria muito. Obrigado! Meu e-mail: cariocando40@hotmail.com

  20. EDIVAN GOMES AARECIDA B disse:

    o que eu tenho a dizer, e que vao se converter seus incredulos. jesus esta voltando e o que tem a ver jesus com o que alguem falou ou deixou de falar. que voce possa olhar para o nosso mestre pois nele nao ha falha,no homem sim ha muitas falhas,mas em jesus nosso autor e consumador da nossa fe nao ha.

  21. renato disse:

    olhem todos vcsmesmo em muitas lutas e tribulaçoes a graça do sr sempre e maior nada abala o crente cheio do espirito so quem sabe o pensamento e coraçao de um desviado e quem esta ou passou por essa esperiencia terrivel; bem eu fiquei na igreja 12 anos batizado nas aquas e no espirito ,deus fes um milagre na minha vida e eu frequentava e fazia parte do ministerio era fervorozo e cheio de deus e de seus dons maravilhozos tive muitas decpçoes e esperiencias que se nao fosse cheio de fe e poder de deus e de muita graça pois a palavra do sr dis que a graça superambundou o pecado bem amados quem quiser que coloque a culpa nisso ou naquilo mas na realidade devemos confessar que e somente nossa a culpa da situaçao hoje esfriei o amor e a chama ainda fumega mas estou afastado da posiçao que deus quer pra mim e somente um motivo eu atribuo a essa situaçao parei de orar e de ler a palavra essa e a unica razao culpa somente minha de estar como estou hoje deus me liberto de uma serie de mal entre os muitos drogas bebidas adulterios fumo mentiras e etc foram 12 anos participando de obra de libertaçao matutinos circulos de oraçao cultos campanhas consagaçoes uma bençao fazia a obra mesmo vendo ouvindo e muitas veses sem estimulos dos amados irmaoes porem tive varias tristezas que muitos se desviam por cauza delas mas repito a culpa e e sempre sera do propio desviado nao adianta procurar outro culpado no fundo e vc o culpado no meu cazo a culpa e minha repito em nao ler e orar com frequencia fui esfriando ate voltar a fumar aonda o sentimento de culpa se assentua fazendo a gente se sentir falso ou ate fora do lugar mesmo dentro da igreja mas vou relatar alguns motivos que se nao fose conciente ou se quisesse culpar ou ate mesmo procurar um motivo poderia tentar me enganar botando a culpa e alguns destes pra enganar a mim mesmo porem todos esses motivos nao foram suficientes pra me desviar o unico repito foi deixar de me alimentar na palavra e de parar de falar com deus nas minhas oraçoes que iniciavam de madrugada foram 12 anos de gloria espero retorna mas estou sem força e graça pra suporta o que se ver nestes dias dentro da casa do pai hoje digo isso mas nada do que se ver impedi o agir do sr quando ele encontra um lugar pra fazer moradia bem vou relatar uns que o diabo tentou pra que eu saise mas somente quando eu parei foi que sai o culpado sou eu eu eu repito la vai minha primeira esperiencia dezagradavel foi com o meu pastor que faziamos a obra junto ele andava na minha casa comia na minha mesa e frequentemente nos oravamos jejuavamos juntos e ele deixou o diabo colocar no coraçao uma paixao demoniaca por minha filha de 13 anos que ele a tinha conhecido quando ela tinha oito cantava e louvava na igreja recolhi as provas consistente e levei ao ministerio pra que eles tomasem as providencias essa foi a orientaçao que deus me deu se nao tivesse graça teria no minimo dado uma surra nele mas como nao ouve agreçao nem romance somente o assedio e cartas e a confiçao da esposa dele falando que ele tinha confesado essa paixao com a gravaçao da confiçao as cartas com a letra dele em maos se nao fosse crente teria levado a policia e ele seria prezo por pedofilia assedio e o evangelilho seria escandalizado la vai outra mudei de igreja pra uma que tive a tristeza de me verem como uma porta de manutençao em ves de simplesmente um obreiro uma alma ou ate mesmo um membro embora fosse uma igreja cheia da prezença aonde la cresci muito espiritualmente nunca olhei ao redor o alvo sempre e so deve ser jesus mas la como deus me uzava muito em muitas areas revelaçoes libertaçoes intersseçoes vizao entre muitos o don da palavra dificiu um culto sem almas pro sr todo cultu tinha frutos ouve muitas coisas que nao edifica que afasta realmente nesta vi inveja ciumes competiçoes falsidade mas a graça meus amados e maior com quem tem compromisso nada me abalava nos louvores quem nao era liberto manifestava logo e deus libertava nera coisa de demora nao era na hora mesmo muitos eram batizados mas por cauza das prestaçoes financeiras a igreja se dividiu e eu como 130 membros foram procurar outra pasei 4 anos sem igreja vizitando os circulos de oraçoes das senhoras a tarde e matutino todo dia na assembleia de deus uma bencao empresario dei emprego a varios irmao aonde todos me decpecionaram no interior cainda em adulterio e me dando prejuizo diversos ate baterem em carros e derubarem poste de energia aconteceu tenho os que nao sao crente me dando lucro iramaoes se fose por cauza de crente nunca seria crente seja crente por covicssao em jesus que tudo vai bem se olhar direita e esquerda vc caira a unica coisa que fas crente cair e parar de se alimentar e de orar repito nada abala o crente bem alimentado e que tem intimidade com deus tive outras mas muitas mas que tbm nao edifica relatei estas pra vcs ferem que tudo que se falar e mentira e desculpas de quem nao e homem suficiente pra assumir que e culpado jesus nunca decpeciona nunca falha e nunca vai deixar vc na mao se vc nao deixalo orem por mim tenho 7 filhos uma espoza que e uma bençao acordo com ela de joelhos e todos aqui sao crentes depois que eu esfriei eles continuaram a semente foi plantada e vejo deus nos meus eu e que perdi a vergonha e voltei a fumar deixando de ler e orar e confesso que agora sinto falta de força e estimulo em voltar tenho saldades da igreja mas vejo que depende de mim e nao sinto vontade de me envvolver mas com os amados que vivem do obaoba igreja e hospital pra soldados e doentes hoje to doente e sou um soldado sem credencias sem autoridade pra exerce me desculpe mas essas declaraçoes sao mas um avizo do que confiçao nunca deixem de ler e orar esse e o segredo fiquem na paz d sr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s