Obra de Deus ou Ativismo Religioso?

Publicado: 16/10/2009 por estevameduardo em Devocionais
Tags:, ,

dd9k6wp9_1dszh7qcp_b

E ae galera? Tranquilidade?

O Thiago nos escreve novamente. Vejamos:

O que é a obra de Deus? Como praticá-la?

Vemos a Cristandade trabalhando incessantemente em busca de realizar algo para Deus, cargos são distribuídos para a realização deste algo, existe o líder da mocidade, líder das senhoras, dos varões, crianças, estacionamento, portaria, presidente e vice dos banheiros.

Muitos buscam ser um “levita”, um pregador, pastor, presbítero, bispo, missionário, tesoureiro, e etc. São Congressos, Encontros, Confraternizações, Festas, Aniversários e Retiros. Então, é lançada a questão: O que seria da Cristandade sem os seus grandes Congressos, com seus cantores, luzes e fumaça? O que seria da Cristandade sem suas Festas genuínas, sem o pagode, o rock, o funk? O que seria da Cristandade sem o Ativismo Religioso?

Proceder, agir, correr, se esforçar para a promoção deste Ativismo religioso é praticar as Obras de Deus? Certa vez perguntaram a Jesus:   “Que havemos de fazer para praticarmos as obras de Deus? Jesus lhes respondeu: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou.” João 6.28-29

A obra de Deus está no crer, crer Naquele que Ele enviou, Seu Filho Jesus Cristo, o qual bradou na cruz do Calvário: “Está tudo consumado”, pois Cristo tudo já conquistou e realizou. Toda obra e esforço humano na tentativa de realizar algo na força de seu braço carnal é trapo de imundícia (Isaías 64.6), pois o prazer de Deus está em Seu Filho, naquilo que Ele realizou, não em nós (2 Pedro 1.17). Deus vê as obras de Cristo em você?

As Escrituras no Livro do Apocalipse, capítulo 2.26 dizem:

“Ao que vencer, e ao que guardar as minhas obras até o fim, eu lhe darei autoridade sobre as nações,” Apocalipse 2.26

Veja que o vencer não está no nosso esforço, nas nossas obras, no ativismo religioso, mas sim nas obras de Cristo, pois Ele diz: “… ao que guardar as MINHAS obras…”. A Obra de Deus é realizada quando, aquilo que Cristo fez é aplicado em nós, tudo começa pelo crer.

Muitos correm, trabalham, se esforçam na tentativa de agradar a Deus,mas quantos de fato crêem Naquele que Deus enviou? Quantos crêem no que Cristo fez? Quantos crêem no que Cristo diz? Quantos crêem que Ele voltará?

É preciso ter fé, fé é crer naquilo que Deus diz, crer no que Ele fez e no que Ele fará, pois sem fé é impossível agradar a Deus.

O Apóstolo Paulo diz em Filipenses 2.5-11:

“Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até a morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo  nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.”

Tende em vós, não o sentimento que houve em Satanás que teve por usurpação o ser igual a Deus, nem mesmo o sentimento que houve em Adão e Eva após a queda, os quais coseram folhas de figueira e fizeram aventais na tentativa de se justificarem por suas próprias obras, mas sim o sentimento que houve em Cristo Jesus que foi fiel até a morte aos Propósitos de Deus.

Necessário é que os filhos de Deus experimentem o que Cristo conquistou na cruz do Calvário, e venham a ser edificados como Igreja, sobre o único fundamento o qual é Jesus Cristo, Deus e Senhor Nosso.

Que venhamos permanecer em Cristo e Ele em nós, fiados no que Ele fez, não no que pensamos poder fazer, pois Ele mesmo disse: “…sem mim nada podeis fazer”. João 15.5

Graça e Paz vos sejam multiplicadas.

Jesus Cristo é o Senhor!
Thiago Neiva Fonseca

É isso ai pessoal aquele abraço…
Estevam Eduardo

Anúncios
comentários
  1. Rômulo de Barros disse:

    É bem verdade que a maior parte das obras humanas não são para agradar a Deus, ou a Cristo, ou a Alá, etc – se é que isso é possível -, mas sim para a auto-satisfação (alimentar o EGO).

    Explicando: um religioso que ajuda um mendigo, trabalha nalgum ofício de sua religião, etc, não é movido pelo princípio cristão, mas pelo anseio da satisfação que aquela conduta lhe proporcionará.

    Mas e aí, irmão Thiago, como você vê a importância dos trabalhos que vc mesmo citou no preâmbulo? São importantes? Por quê? O que move as pessoas? Estão equivocados aqueles que intentam uma recompensa no labor? Teria maior galardão aquele que crê e pratica obras de caridade?

    Um grande abraço!

  2. Lima disse:

    Graça e Paz, Thiago
    Como sugestão, penso o o Rômulo é quem deveria responder os seus proprios questionamentos, pois só assim saberíamos qual a sua posição com relação as obras.

    • Rômulo de Barros disse:

      Irmão Lima, a paz!

      Acho q vc se equivocou, pois o emissor é nosso grande irmão Thiago, eu sou receptor. Perguntei para que ficasse clara a posição, e espero a resposta. Convido-o a responder também, se tiver coragem…

      Um grande abraço.

  3. Lima disse:

    Correção: “penso que o Rômulo”

  4. Parabéns para o Thiago que sempre tem contribuido para o nosso blog.

    Pois bem… De vez enquando eu fico a pensar nesses rebuliços de congressos e festas…

    O que deveria ser uma estratégia de evangelizar acaba sendo um mero encontro de lazer (artístico) e pouco contribui para aqueles que ali vão.

    Sobre as obras eu imagino que nós muito criticamos aqueles que assim fazem, mas pouco fazemos para ajudar o próximo.

    Falo de nós, membros da igreja Ass. de Deus. As nossas obras sociais são muito poucas. Acho que não deve dar muita repercussão não é? Ou será que só fazem isso se tiver um interesse de se auto promover ou promover a “denominação”?

    Fico na dúvida!

    Precisamos melhorar o nosso ensino (com a verdadeira mensagem de Cristo) e também precisamos trabalhar mais socialmente.

    Acho que os dois precisam ser equalizados.

    Fuisssssssss

  5. waldson junior disse:

    gennnte… gente….
    e muito complicado usar os termos; obra de deus e ativismo religioso… sendo que o unico que nos pode provar e aprovar e o proprio dono da obra…
    vejo que mais uma vez nooos procupamos com nossas filosofias, nos esconder do nosso chamado…o ide.!
    se e ativismo ou obra
    … so quando for lanÇada ao fogo teras a certeza…
    julgar obras e merito de Deus…
    se o irmao faz obra ou e ativista religioso,, isso so compete a ele e Deus…
    o nosso papae e irrrr e mais nada…
    vamos sair da nossa posicao de conforto e vamos ter a coragem de fazer…

    fiquem com Deus

    • Rômulo de Barros disse:

      Concordo Chefe Waldson, a gente costuma colocar a toga preta e se sentar na cadeira do meio da tribuna. E lá deve estar DEUS!

  6. Lima disse:

    Rômulo eu não tenho coragem de responder, pois o meu nível espiritual não é tão elevado como o seu, principalmente depois de uma grande edificação que você teve com o André vacilão, digo Valadão. O texto foi bem fundamentado, portanto para mim não restou duvidas, ou talvez pela minha ignorância ou pouca ortodoxia, mas prefiro a ortopraxia.

  7. Rômulo de Barros disse:

    Irmão, perdoe-me aí por alguma coisa, mas me abstenho de responder a esse comentário…

  8. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Paz e Graça irmão Rômulo!

    A Igreja não é uma organização religiosa, todavia precisa ser organizada, mas existem coisas que não são necessárias! Falando do galardão, ele é uma recompensa e recompensas são dadas por boas obras práticadas, não as nossas, mas as de Cristo. Seu galardão será da mesma medida de suas obras.

    Se não respondi alguma pergunta me perdoe, meu tempo diante do computador é curto, mas estou a disposição.

    Abraço!

    Thiago Neiva Fonseca

  9. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Waldson Junior

    Coragem de fazer o que?

  10. Cláudio Lima disse:

    Irmãos,

    Acredito que devemos ter coragem de fazer a obra de Deus se ter medo de que ela seja interpretada como ativismo religioso, Deus entende o coração de quem faz a obra e só ele pode identificar o que ela é.

    Concordo que temos muitos eventos que talvez não edifiquem a muitos, muito provavelmente porque estes já não vão com o propósito de ser edificado, e sim de participar de uma reunião/evento. Se vc for para a igreja com o coração aberto para que Deus o edifique, vc será edificado.

    Acho que talvez a discussão dos problemas das igreja podem nos levar a ir para ela com o coração travado para o agir de Deus (porque Deus continua e continuará agindo no nosso meio), e acabamos saindo do jeito que entramos, e ai, continuamos a discussão. Devemos ter o pensamento de discutir os problemas, agir para tentar sana-los e também termos os nossos corações e mentes abertos e dispostos para irmos a igreja adorar a Deus e sermos edificados por ele.

  11. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Cláudio Lima,

    Que é a obra de Deus? Existem reuniões evangélicas que por mais que você vá até elas como o coração escancarado você não será edificado. O que Deus usa para edificar sua Igreja???

    Abraço!

  12. […] líder das senhoras, dos varões, crianças, estacionamento, portaria, … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

  13. Cláudio Lima disse:

    Thiago,

    Acredito que vc realmente não tenha estas dúvidas.

    Se vc estiver dirigindo um evento religioso e eu for com o coração escancarado, eu não serei edificado??? Partindo do principio que vc é um homem de Deus, que prega a palavra de Deus neste evento religioso, eu acredito que serei edificado. Penso que isso deve acontecer quando vc vai a sua igreja. É disso que estou falando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s