10 Coisas que Odeio em Você, Igreja

Publicado: 22/10/2009 por Dário Estevão em Devocionais
Tags:, , ,

Olá Personas,

O Sai da Toca #002 está para sair com o tema: O que te prende a Igreja? Acompanhamos as entrevistas e a maioria destacou a comunhão, a amizade, o trabalho social etc. Até lá podemos discutir alguns temas relacionados aqui no blog.

Se a pergunta fosse o contrário? O que faz você não ir para a igreja? Teríamos milhões de motivos não é? Pois bem. Podemos ter inúmeros motivos para não ir a igreja, mas os poucos que nos fazem ir é o que realmente importa.

O Rômulo Barros, surfando pela internet, encontrou este artigo escrito por Manoel Silva Filho e quer compartilhar com todos. Faça você também a sua contribuição indicando artigos edificantes através dos comentários. Aguardem que o Manoel prometeu escrever as “10 coisas que mais amo em Você, Igreja”.

Das 10 coisas que Odiamos na Igreja, qual a pior (ou piores) que você acha?

Acompanhem o texto:

Li essa semana uma slongan bastante interessante que revela o quanto a igreja esta em baixa nos últimos tempos: ODEIO A IGREJA, NÃO JESUS!

A lista abaixo relacionada é direcionada à igreja institucional, à igreja-empresarial, ao clube de entretenimento, assim falsificada e vendida ao poder temporal. Não me refiro absolutamente à igreja verdadeira, ao remanescente fiel que muitas vezes está contido nessa igreja caricata dos nossos dias.

Compartilho aqui o sentimento de inconformação de Davi quando disse a Deus: Não aborreço eu, Senhor, os que te aborrecem? e não abomino os que se levantam contra Ti? Aborreço-os com ódio consumado, para mim são inimigos de fato.

O que eu odeia em ti, igreja dos nosso tempos?

1. A TUA PRETENSÃO OSTENSIVA de tu te veres superior a tudo e a todos, e com esse orgulho besta, deixas de ser reconhecida como voz de Deus e agência do Reino no mundo. Ao contrário, deverias te afastar pra bem longe dessa vaidade luciferiana e cair em si, voltando a servir humildemente ao mundo ao qual foste enviada.

2. QUANDO INFLEXÍVEL, IMPÕES O DETESTÁVEL LEGALISMO COMO FORMA DE CAMINHADA CRISTÃ com regras insuportáveis que mantém teus membros eternamente cativos a infantilidade na fé, ao invés de conduzi-los à maturidade cristã que alcança a essencial liberdade consciente e anda maduramente nas pegadas de Jesus de Nazaré.

3. A TUA CEGUEIRA REDUCIONISTA que não discerne claramente o Reino além de tuas limitadas fronteiras, expandindo a visão para ver e aceitar outras formas de expressão, de serviço cristão, de culto e de obras que também glorificam a Deus e contribuem para a expansão do Reino na terra.

4. A TUA FORMA DE JULGAR SUMARIAMENTE as pessoas, se são merecedoras do céu ou do inferno, como se coubesse a ti essa prerrogativa divina de seleção. Deveria tu saber que essa é uma ação exclusiva de Deus.

5. A TUA DISCIPLINA CORRETIVA que sempre exclui e joga fora todo aquele que desgraçadamente tropeça por algum motivo, levando invariavelmente o “disciplinado” ao abandono, e ferido, a morrer a míngua.

6. A TUA FORMA ANTIBÍBLICA DE EVANGELIZAR, definindo prazo de mudança para as pessoas ”aceitarem Jesus”, exigindo uma conversão urgente e superficial baseada na adequação compulsória às regras de teus usos e costumes, e não na radical soberana transformação do Espírito Santo, de dentro para fora, e no livre tempo de Deus.

7. A TUA VISÃO MISSIONÁRIA/ EVANGELÍSTICA DISTORCIDA que em nome do “ide” retira as pessoas de suas áreas de convivência na sociedade onde exerciam posições estratégicas para alcançar seus semelhantes, para mantê-los circunscritos à área do templo, transformando-os em pessoas inativas ou em obreiros alienados que desconhecem o que se passa no mundo que os rodeiam.

8. O TEU ABUSO DE PODER arrastando milhares de PESSOAS SINCERAS, frágeis, crédulas, simplórias, despreparadas e desavisadas à exaustão, ao esgotamento, ao sofrimento, à decepção, e a se sentirem absolutamente usurpadas física, emocional, material e espiritualmente. Essas pobres vítimas do teu poder abusivo se tornam amargas e refratárias para o Evangelho para sempre, fechadas para qualquer possibilidade de pensarem em Deus ou em coisas relacionadas a ti.

9. A FORMA IMORAL COM QUE TEUS LÍDERES LIDAM COM AS FINANÇAS, manipulando o dinheiro que entra em teus cofres de forma irresponsável, desonesta, revelando que são subjugados pelo deus Mamon. Reproduzes pastores que amam posição, poder, e o dinheiro, tornando-os cheios de avareza e de ganância. ISSO TEM CAUSADO GRANDES ESCÂNDALOS E DANOS IRREVERSÍVEIS PARA O EVANGELHO, E TU ÉS DIRETAMENTE RESPONSÁVEL POR ISSO!

10. E por último, odeio quando MENTES, ASSEVARANDO QUE FORA DE TI, AS PESSOAS NÃO PODEM SOBREVIVER. Saiba que existem milhões de pessoas que nunca adentraram em teus átrios e mesmo assim oram, têm temor, discernimento, maturidade, ética, moral e dignidade, muitas vezes, mais apurados que teus pobres membros pretensiosos.
Sobretudo, há uma forma difícil, dolorida, mas possível, que pode mudar radicalmente esse quadro sombrio: TENS QUE PASSAR PELO PORTAL DO ARREPENDIMENTO. Como diria Jesus, Lembra-te de onde caíste e arrepende-te…

A seguir, 10 coisas que amo em você, Igreja.

Fonte: Manoel DC via Pavablog

Blessing
Dário

Anúncios
comentários
  1. waldson disse:

    nao se esqueça… a igreja fisica e nao espiritual.. sou eu e vc…
    desse jeito ta dificil…

    meus irmaos…dez sao as coisas que odiamos na igreja…
    mas infitas sao as que nos faz feliz….
    1- temos um Deus vivo!
    2- temos o unico salvador: Jesus!
    3- temos um consolador!
    4- temos o medico dos medicos!
    5- temos a alegria da comunhao…
    6-temos irmaos bom iguais a vc…
    7- temos uma paz verdadeira…
    8- temos tranquilidade no espirito…
    9- temos reunioes saudaveis e alegres…
    10- temos amizadias sadias..
    11- temos homens que se preocupam com o proximo…
    12-temos humildade…
    13- temos flexibilidade de fazer o que quizer…
    14- temos visaooo do futuro apos a morte…
    15- temos homens comprometidos em levar a palavra…

    enfim… poderia enumerar infinitas coisas boas… mas vc nao tem pasciencia de escutar o que e bom… falar mal e mais facil… da mais ibope…
    fiquem com deus…

    • Eu to gostando do debate… Começamos agora…

      Como vocês perceberam estamos tratando da igreja física e sua administração.

      A pergunta que não quer calar: Podemos servir a Deus sem estar em uma Igreja?

      O nosso irmão Lima abaixo pelo jeito não concorda.

      Se o nosso Pres. Waldson concordar com a pergunta, então a maioria das “coisas” ele colocou acima não é válida.

      – Deus vivo, único salvador, consolador, médico dos médicos – Só na igreja física que encontramos Ele?

      – Homens iguais a você, homens que preocupam com o próximo, humildade, homens comprometidos com a palavra – Infelizmente temos pessoas fora da igreja que fazem isso melhor do que muita gente na igreja.

      Concordo que falar das coisas “ruins” dá mais audiência. Devemos apontar os erros e também devemos mostrar o caminho certo.

      Eu ainda bato na tecla que a igreja tem apresentado mais contras do que prós e os prós (para os que ainda estão na igreja) têm tido um peso maior.

      Para mim os prós deveriam ser:

      – Comunhão
      – Onde se prega o amor e a humildade
      – Ensino da palavra
      – Educação Cristã
      – Evangelismo
      – Projetos Sociais
      – Modelo para a Sociedade
      – Lugar onde há Honestidade
      – Exemplo de Administração das Recursos (ofertas e dízimos)
      – Pastores são pastores

      Posso morrer sem ver a maioria dessas coisas. Mas continuo na igreja acreditando que podemos mudar essa situação.

      Valeu Waldson… Sou seu fã hehehe

      Abração amigo.

      • Rômulo de Barros disse:

        Concordo contigo Dário, e acho que o médico não atende somente nos hospitais!!!

      • waldson disse:

        Darioooo meu amado… com certeza commmmcordo que podemos servir a Deus sem Estar nesta igreja fisica… isso e uma certeza inconnnntestavel… comcordo commmmtudo que vc colou no post… me desculpa se meu post foi mauuulllllll interpretado… pois bem…

        o problema que nos somos parte desta igreja….os contras sao culpa nossa …
        os pros estao tmbem ao nosso favor…
        nos temos que ver que se a igreja fisica(instituicao) vai mal, por parte e nossa culpa…
        concordo que ha pessoas que nao administram bem esse negociocio chamada igreja…
        issso desde de atos 0 (zero-antes do comeco) foi assim…
        por isso nosso maior personagem Jesus (nosso Salvador) ao morrer disse que destruiria esssas paredes em tres dias e depois construiria novas paredes (em nossos coracoes)… Jesus sabia que a igreja fisica seria falida antes de nascer…

        Valeu mal amado Dario… eu que sou seu fam… um abraco…

      • waldson disse:

        correcao… MEU AMADO

  2. Lima disse:

    ´Caros armãos só um louco pode pensar, agir e escrever tais verborragias. Em Mateus 18.18 Cristo fala que Ele é a própria igreja, por isso é que boçais em todos os tempos e épocas atacam-na, perseguem e de maneira nenhuma têm exito. Cristo quanto se apresenta ao apóstolo Paulo no caminho de Damasco a sua pergunta não é uma pergunta de retórica, mas vai direto do cerne da questão “Saulo, Saulo, porque me persegues?. Cristo fala que ele não somente estava perseguindo os cristãos, mas diretamente a Cristo. Quanto a essas verborragias, são frutos de elocubrações de uma pessoa que ainda não compreendeu o evangelho de maneira correta. Irmão Waldson concordo com as suas afirmações. Fora da igreja não há salvação! Isso não é uma visão romanista, mas sim biblica, a quem e somente quem foi autorizado pregar o evangelho? A igreja pura e imaculada de Cristo, infelizmente há falsas ovelhas e pastores no seu meio, mas até isto Deus na sua soberana providência permite.

  3. Rômulo de Barros disse:

    Aí Dário, a questão não é o conceito de igreja. A questão aí é a igreja como instituição que é, hoje, na sociedade. Está-se tomando um dos significados que ela possui. E não é só a evangélica, meus sapientes colegas!

    Então tá, tudo bem. Vamos parar de discutir os problemas, vamos fechar os olhos para os contrastes. Tudo é um conto de fadas. Não não, vamos discutir irmãos, na fé que temos na graça de Cristo não há dúvida nem sombra de variação!

    A discussão gera convicção!!!!!!!!!

    Abs.

  4. Rômulo de Barros disse:

    Ou senão, apenas mudemos os termos.

    Onde se lê: igreja.

    Leia-se:

    “Instituição Religiosa”

    “Instituição Pseudocristã”

    Blá, blá, blá”

  5. Fabrícia Ramos disse:

    Sinceramente eu não dou mais a mínima para a igreja, pra mim ela perdeu seu papel e foco!!! Eu amo a Cristo, creio em sua palavra e no seu sacríficio por mim, mas tenho nojo da igreja… pois meu primeiro amor foi assassinado por ela!!!

    • waldson disse:

      irmã nao faca isso … tire o odio de seu coracao… o seu primeiro amor(JEsus) foi assassidado por vc…e nao pela igreja…tem uma parte que temos vergonha… mas tem outra parte que e muito boa…
      hj sou pai… e vejo que o lugar mais seguro para criar minha filhinha e a igreja. ainda temos muitas coisas boas la… nem tudo ta perdido…
      um grande abraco.

      • Fabrícia Ramos disse:

        Irmão Waldson, meu primeiro amor que falo é o prazer de fazer algo para a igreja, não estava me referindo a Jesus, pelo contrário tenho tido forças Nele. O que me deixa chateada é a igreja terrena, a que vemos hoje, a espiritual é nós e eu sei disso. Mas me refiro a igreja terrena, eu sei que não posso deixar de congregar mas tem sido dificil entrar na igreja e ver as “santidades” pregarem o que não vivem!!
        Calma irmão minha indignação é contra a igreja terrena… O meu Deus está bem vivo em mim…

        No amor de Cristo.

    • waldson disse:

      ohhh que alivio.. fico feliz minha irma…vjo que vc esta no foco…
      minha irma,, nao deixe de trabalhar na igreja ou fora da igreja pra Jesus nao,,, so po meia duzia de pessos que nem merecem seu respeito…
      hj o grande desafio que deus nos dar é adorar na dificuldade…vjo por suas palavras que gosta muito de trabalhar pra o senhor… nao desanime… trabalhe cada vez mais .. quanto mais vc ver coisas ruins,, mais vc ofereca a deus o melhor…percevere.. trabalhe insensantemente… de a deus o seu melhor
      um grande abraco.

    • Dário disse:

      Fabrícia,

      Legal você ter entrado no debate aqui em nosso blog.

      Espero que você saia daqui edificada com alguma palavra. Como o nosso amigo Rômulo mesmo disse: “A discussão gera convicção”.

      Espero que Deus toque em seu coração para fechar os olhos para as “santidades” que pregam o que não vivem. Isso é realmente muito triste. Alias, feche os olhos para todos esses tópicos listados neste artigo.

      Mas te digo que o que você pode fazer por alguém lá é muito maior do que isso! Eu tenho certeza que Deus pode te usar como um canal de bênção na vida de muitas pessoas que estão ali.

      Tudo o que você passou e tem passado (desânimo de ir para a igreja) só serve para te fortalecer. Você poderá ajudar muita gente que passou por situações semelhantes.

      Se você tiver certeza que o homem (ser humano) é falho e pecador, tenho certeza que com o verdadeiro amor de Deus em sua vida você não se abalará mais com situações como esta.

      Como falei e continuo afirmando: A igreja tem mais contras do que prós… Mas os poucos “prós” que temos têm um peso enorme em nossas igrejas… Amo estar na igreja… Afffffffffffffff Jesus credo heeheh

      Curiosidade: De onde você é? Como chegou aqui em nosso blog?

      Somos da Mocidade Pentecostes da Igreja Assembléia de Deus de Taguatinga Norte, Brasília/DF, Brasil.

      Fique com Deus.

      • waldson disse:

        isso ai dariooooo

      • Fabrícia Ramos disse:

        Bom, obrigada pelas palavras, hoje elas foram um consolo para mim. Na verdade entrei no site para ver as fotos do Comadt 2009, ai eu vi o texto sobre a igreja e notei a opinião de muitos e já esta chateada com ela (igreja) deixei minha opinião. Na verdade, eu nem sei se pode entrar assim no site alheio…hehehe! Mas Deus sabe o que faz, precisava das palavras de vocês! Eu sou da 1ª Igreja Batista de Ceilândia.
        Obrigada pela receptividade.

        No amor do Pai,
        Fabrícia.

    • waldson disse:

      venha nos fazer uma visita… teremos nosso culto de Jovem no primeiro domingo de novembro…vai ser um cultao abencoado.. vc vai gostar
      esperamos vc la… comeca as 19:30h

      e sempre que tiver vontade,,, esses espaco esta a sua disposicao.

    • Olá Fabrícia,

      Não existe site alheio aqui na internet rsrs. Fizemos este blog com essa finalidade mesmo (site público), senão teríamos feito uma comunidade no orkut (acessível à poucos).rsrsrs Não queremos aqui uma “panelinha”, somos todos irmãos em cristo.

      Fique a vontade de participar de nossas discussões e se possível faça-nos uma visita sempre por aqui e por que não lá na nossa igreja (institucional e terrena)? Temos um departamento de Moças incrível (propaganda da parte boa hehehe)… Olhe:

      https://mpvida.wordpress.com/2009/10/19/piquenique-das-mocas-fotos-do-encontro/

      Fique com Deus

      • Fabrícia Ramos disse:

        Obrigada Dário, dei uma olhada lá e achei super legal… paz do senhor!

      • Karol disse:

        Isso mesmo Fabrícia,

        como os meninos já fizeram o convite… quando você puder nos faça uma visita e não deixe de nos procurar!!

        Vai ser um imenso prazer conhecer alguém quem vem acompanhando o blog e discutindo com a gente!!

        Você será muito bem vinda!!
        beijos

  6. Lima disse:

    Irmãos igreja não arrebata ao céu, portanto a discussão deve ser no campo terrenal, visato que os ataques também é nesta esfera. A igreja foi instituida da terra. Se ela se corrompe é porque está cheias de homens que ainda são pecadores. Mas Deus exige a santidade dos membros que compõe o corpo de Cristo que é a igreja. O apóstolo Paulo nos chama para arrazoarmos: “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja. e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” Ef.5.25-27. A santidade da igreja nao se refere sua liturgia ou cerimonias imponentes, nem à sua arquitetura. Nem a igreja é santa por causa de sua história venerável, ou sua ligação com persoanagens santos do passado.
    As pessoas são a igreja: pessoas escolhidas em Cristo “antes da fundação do mundo” (Ef.1.4). redimidas pelo sanggue na cruz (Ef.5.25) e chamadas pra ser “santos” (Ef.1.1). Assim, a igreja não é santa porque tem uns poucos membros santos, tais como ministros, presbiteros ou diaconos, mas por causa da santidade de todos os seus membros crentes: Oficiais, trabalhadores, viúvas e idosos piedosos.
    A santidade de um crente é sua separação espiritual do mundo impio e consagração ao Deus Triúno somente. Da mesma forma, a santidad da igreja (a comunidade dos crentes), a santidade é a essencia da igreja.
    Hoje vemos a santidade da igreja ser atacada. Ela está sob pressão para se conforma ao mundo em seu pensamento e estilo de vida (rM.12.1,2). O ecumenismo anti-bíblico é proibido para a verdadeira igreja “Desvia tu ajudar ao impio, e amar aqueles que odeiam ao Senhor?” (2Cr;19.2). A falsa doutrina é a inimiga da santidade da igreja, pois a pregação de “outro evangelho”, de outro “Jesus”, por “outro espirito”, corrompe a igreja (2Co.11.3,4).
    Deus escolheu a igreja “para que fossemos santos” (Ef.1.4), e Cristo “a Si Mesmo se entregou” pela igreja, “para a santificar” (Ef.5.25,26). Desta forma, a santidade da igreja (progressivamente neste mundo e perfeitamente no céu) é o objetivo da eleição e redenção. A santidade da igreja, está incluido a remoção da sujeira (v.26), mácula e rugas do pecado (v.27). é sua beleza extasiante como noiva de Cristo, uma beleza muito maior que a beleza de toda a criação. A santidade da igreja é também a sua glória (v.27), uma glória que reflete e serve à glória do Deus Triúno, o Senhor da sua igreja. Desculpem o texto tão longo, reflete o desconforto que sinto quanto tentam macular a igreja de Cristo

    • waldson disse:

      Lima, …
      nao entendi algumas coisas:
      1- se a discussao e no campo terrenal… tudo que escreveu esta no campo espiritual (nao tem como dividi-la: terreno-celeste…. afinal na terra tratamos coisas do ceu)

      2- “Se ela se corrompe é porque está cheias de homens que ainda são pecadores”… nos sempre seremos pecadores, … vivemos na terra … somos justificados e santificados por Deus e nao por aquilo que fazemos… Deus nao me amara menos se su cometer mais pecados.. ele me amou e pronto
      3 – “Hoje vemos a santidade da igreja ser atacada”… hj? sei la,, mas a igreja e atacada desde sua fundacao…santidade atacada? como… se vem de Deus!

      se possivel me esclareca mais sobre estes pontos…
      um abraco…

  7. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Amados,

    A Igreja é um organismo vivo, um corpo, mas infelizmente existem filhos de Deus, pessoas que foram salvas, mas que ainda levam muito do ranso da religião, das tradições, do fermento dos fariseus e ainda são escravas dos mais vis pecados.

    A Igreja, ou a maior parte dela, trai seu noivo constantemente. Vemos nas Escrituras que o reinar com Cristo no Milênio é para os vencedores, é para o Filho Varão, uma parte forte, que sairá da mulher, a qual é a Igreja.

    Somente filhos maduros, que são conformados dia após dia a imagem do Filho de Deus encontrarão lugar junto a Cristo em seu trono.

    A noiva anda miserável, pobre, cega e nua, é lamentável, mas existem aqueles que ainda não se dobraram perante outros deuses, que não se prostaram diante de si mesmos.

    A verdade liberta! Mas quantos estão dispostos a pregar a verdade? Quantos estão dispostos a abrir mão da glória dos homens e viver para a glória de Deus? Quantos estão dispostos a sair de Babilônia e se penhar na edificação da Nova Jerusálem?

    Deus certamente age onde bem quizer, mas ele trabalha através de sua Igreja, através do corpo, Cristo o cabeça se move através do corpo. Se estamos em Cristo logo somos corpo, se não estamos em Cristo corpo não somos. As quatro paredes dos templos religiosos precisam ser destruídas e passarmos a olhar nos olhos uns dos outros, e buscar nas Escrituras o que Deus diz a respeito de sua Igreja, o corpo de Cristo.

    Paz e graça sejam com todos!

    • Dário disse:

      Pessoal,

      Será que está tão dificil de entender que estamos tratando (neste debate) da igreja institucional (física, 4 paredes)? Eu acho que estamos embolando demais as idéias.

      Posso concordar que a igreja institucional nada mais é do que um reflexo da igreja espiritual… Se a igreja espiritual vai mal, logo…

      O artigo “As 10 coisas que eu odeio em você, Igreja” mostra os erros que a igreja institucional têm cometido por não ser administrada (pastorada) por pessoas que são realmente a igreja espiritual que Jesus nos ensinou. Eu acho que aí está o “X” da questão.

      A igreja como instituição deve reconhecer essa falha e tentar corrigir através do que há de bom dentro dela: Ensino da verdadeira mensagem do evangelho.

      O que acham?

      • waldson disse:

        dario meu amado…
        mudando de assunto… to com o sai da toca quase pronto…dumingo eu te levo pra vc vr

  8. Lima disse:

    Amado irmão Waldson,
    1 – Nossa vida espiritual é exercida aqui na terra com temor e tremor, no céu nosso corpo já glorificado só vai adorar o Cordeiro e não tratar de coisas espirituais.
    2 – Irmão o crente é regenerado e justificado em Cristo, quanto a santficação é responsabilidade do homem, com a intervenção do Esírito Santo.
    3 – O irmão tem razão! sempre a igreja foi atacada e nós cristãos que dizemos que professamos uma fé verdadeira estamos fazendo o que com a Bíblia na mão? O irmão está disposto a deixar a sua bela filhinha ser jogada aos leões por amor a Cristo? (Mt.10.37). Irmão querido, a santidade é nossa respoensabilidade “Sedes santos porque Sou Santo” (Lv.11.44; 1Pe.1.16), isso irmão é um imperativo e não uma opção, repito, embora o Espiríto Santo é que nos ajuda nesse processo, visto que as nossas melhores obras aos olhos de Deus são consideradas como trapos de imundicie.

    • waldson disse:

      Irrrmaaao LIma
      ….entendi seu ponto de vista na 1.

      na 2 continuo confuso…santficação é responsabilidade do homem, com a intervenção do Esírito Santo…
      seria mais ou menos assim: busco a Deus, se ele nao se agradar, ele manipula minha santidade ate chegar ao ponto desejado por ele. ate eu chegar a ser digo do ceu?

      na 3… as esperiencias passadas sao muito boas… mas eu.. jamais morreria como um martirrrrr… jamais… e isso nao diminuiria nem um pouco o amor que Tenho por Deus…e menos ainda o que ele tem pormim!!! o sacrificio ja foi pregado na cruz…

      Meu amado Lima
      A nossa conversa esta muito boa… mas esta saindo do foco do post… como nosso chefe DARIO mensionou.
      prometo lancar um post com esse conteudo… caso quera postar, nos envie uma materia… ficaremos alegres… este espaco e pra debates mesmo… quanto mais dialogo mais adquirimos conhecimento…
      fique com Deus

  9. Duarte Henrique disse:

    Fala aí rapaziada, tudo em cima?
    Bom, o tema é super interessante. Mexe com o brio de muita gente. Todavia, penso eu, devemos fazer uma clara distinção entre a igreja institucional e a igreja de Cristo, ou espiritual. ISSO É FUNDAMENTAL!
    A igreja espiritual não existe enquanto coletividade, mas tão somente como unidade, composta exclusivamente por cada cristão. Essa igreja não está sujeita a qualquer espécie de normas ou dogmas humanos. Existe numa relação unicamente entre cada cristão e Deus (Rm 14:2 e I Jo 2:27). Aqui, penso eu, não cabem críticas a ninguém, pois quem sou eu para julgar o relacionamento alheio com Deus? O problema é que muita gente gosta de julgar os outros segundo os próprios parâmetros, o que é um equívoco. “Quem és tu que julgas o servo alheio?” Rm 14:4
    Agora, outra coisa bem diferente, é a chamada “igreja visível”, ou comunidade cristã, QUE É O OBJETO DESTE POST, NÃO CONFUNDAMOS. As igrejas que recebem exortações no apocalipse, por exemplo, ou as igrejas as quais Paulo escreveu, todas pertencem a esse grupo! Aqui sim, cabem análises e críticas. Por exemplo, poucos evangélicos, que não o da própria denominação, concordam com a conduta da IURD, ou da Renascer no que diz respeito ao aspecto litúrgico-doutrinário. O próprio apóstolo Paulo não cansava de exortar as igrejas por conta de suas condutas eclesiasticamente incorretas.
    Caro irmão Lima, eu mesmo já o vi, por diversas vezes, fazer críticas à pessoas e a instituições aqui nesse blog. Parece-me um pouco contraditório o irmão agora achar ruim quando alguém faz esse tipo de crítica à instituição “igreja”. Ou será que você concorda com tudo o que anda sendo ensinado por aí pelas chamadas igrejas neopentecostais? Além do mais, se você realmente acha que “fora da igreja não existe salvação”, a não ser que se refira à igreja de Cristo, é melhor ir para igreja católica, pois lá será melhor acolhido. Um abraço grande de seu irmão protestante…
    Abraços galera!

    • Dr. Duarte,

      Bem didático a sua explicação…

      Gostei do argumento de que Paulo se cansou de exortar as igrejas pelas condutas incorretas. Nem tinha pensado nisso… Que burro que sou heheeh

      Partindo deste ponto podemos ter uma discussão melhor.

      Apontemos os erros e mostremos o caminho!

      Obrigado pela ajuda!!!

  10. Thiago Neiva Fonseca disse:

    “Jamais morreria como um mártir” ??????????????? Complicado…

  11. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Entre Cristãos Evangélicos, Cristãos Protestantes e Cristãos Assembleianos, devemos ser… Cristão Bíblicos, estes outros cooperaram bastante, mas a revelação das Escrituras não é propriedade particular de um grupo, é revelada progressivamente, ao corpo, ao longo dos séculos.

    Paz seja com todos. Breve Cristo virá e endireitara os passos de sua Igreja, mas nada nos impede de vermos isso se apressar, hoje!

    • Duarte Henrique disse:

      Caro irmão Thiago,

      Concordo com você que devemos ser “cristãos bíblicos”. Mas entenda que, infelizmente, essa expressão hoje não quer dizer muita coisa. E sabe qual é o motivo? Se você chegar para um espírita, por exemplo, ela vai dizer que está seguindo o cristianismo bíblico. Se você falar com o católico, ele também vai dizer que está sendo um cristão bíblico. Se você conversa com um calvinista ela vai dizer que o ponto de vista dele é que é o bíblico. Da mesma forma o arminiano, muito embora defendam doutrinas opostas! Por mais que você não aceite, ao dizer que sua interpretação bíblica é a correta, você estará defendendo uma interpretação bíblica, nada mais! Por exemplo, num outro post você falou sobre “batismo no sofrimento”. Bom nunca ouvi falar de tal doutrina na bíblia, mas é uma conclusão a qual você chegou. Discordo desssa doutrina, mas respeito seu ponto de vista. Agora, quem é que está sendo bíblico, eu ou você?
      Muita gente que era “bíblica” no passado, hoje é considerada herege… nem todo mundo interpreta a bílbia como nós a interpretamos. Sera que isso nos dá o direito de as chamarmos de herege? Grande abraço!

  12. Duarte Henrique disse:

    Em tempo,

    Não vou utilizar a expressão “odeio”, pois penso que seja muito forte. Mas uma coisa que não gosto nas denominações evangélicas, em boa parte nas protestantes, e na igreja católica é o pensamento hermético de muitos cristãos, definitivamente são muito dogmáticos e tem o pensamento bastante limitado quando lidam com coisas que não concordam. O debate aqui mostra que estamos progredindo…
    Outra crítica que eu faria, e também foi feita por Nietzsche, é a de que muitos cristãos assumem uma postura de “rebanho”, não no sentido bíblico, mas no sentido sociológico. São pessoas sem opinião própria, e constantemente manipulados pelos “homens de Deus”, que tem uma autoridade quase absoluta sobre suas vidas.

    Abraços!

    • Realmente, o debate aqui está progredindo…

      Ainda bem que, pelo menos aqui no blog, não somos rebanho (no sentido sociológico).

      Apesar de cada um ter a sua opinião, a maioria aqui não é manipulado (espero que não rsrs).

      Olhem só uma placa interessante que achei em um site:

      – Não penso
      – Não existo
      – Só assisto

      Uma boa sátira do “Cogito ergo sum” (Penso logo existo) do Francês Descartes (Coitado de mim se não existisse o google heheh)

      Fuis

  13. Lima disse:

    Caro, Duarte, pelo contrário, por não concordar com a bandalheira que se encotra ai é que fico triste quando tentam tratar “placas” como igrejas. Placas “neopentecostais” não são igreja, para ser uma igreja precisa-se de alguns requisitos, dentre um deles é ter a Bíblia como sendo sua única regra de fé e prática e sua inerrância e suficiência” e em todas elas não se vê isto, ou seja é a Bíblia e mais alguma coisa. O irmão se diz calvinista, mas esta frase “não há salvação fora da igreja” é de Calvino e não de um romanista. Os crentes foram alcunhados de protestantes por que não se conformavam com o mundo e de fato protestavam e hoje é assim? Ser protestante é muito facil o dificil é a ortopraxia.
    Mesmo as igrejas mais puras sobre a terra estão sujeitas a erros doutrinários e a comprometimentos (1Co.5; ap. capitulos 2-3). Algumas se degeneraram tanto, que deixaram de ser igrejas de Cristo, e passaram ser singogas de satanás (Ap.18.2; 2Ts.11,12). A despeito disto, porém, Cristo sempre teve e sempre terá um reino neste mundo, até o fim dos tempos. Esse reino é formado dos que nEle creêm e confessam o seu nome (MT.16.18; Sl.72.17; 102.28; Ap.12.17.
    Quanto a ser mártir não é uma opção, só demonstra a quem de fato amamos.

    • Duarte Henrique disse:

      Caro irmão Lima Limão,

      Por favor, não cometa o equívoco, muito comum, de confundir calvinismo com Calvino! O calvinismo é uma doutrina que somente surgiu muito tempo depois da morte de João Calvino. O calvinismo só é chamado assim, como forma de homenagear Calvino, por tudo que ele fez em termos de teologia sistemática em prol da reforma, muito embora a doutrina soteriológica do calvinismo tenha, sim, sido influenciada por Calvino. Além do mais, não acredito em papas, portanto é perfeitamente cabível que Calvino, assim como Lutero e Zuínglio, tenha cometido erros. E digo mais, ainda que Calvino tenha dito isso, com certeza ele não se referia a igreja visível, posto ser ele um dos opositores dessa idéia católico-romana.
      Outra coisa, o termo “protestante” não tem nada a ver com a origem descrita por você, muito embora seja uma visão romântica. O termo deriva-se do protesto formulado pelos príncipes alemães contra a obrigatoriedade de seguirem o catolicismo, imposta pela igreja e pelo imperador alemão.
      Por fim, se você mesmo não concorda com a “bandalheira” (para usar suas palavras) por que é que achou ruim alguém criticar e dizer o que odeia nisso? Ou será que só você tem o dom para criticar a tal “bandalheira”

      Abraços, sinceros, de seu irmão em Cristo.

  14. Lima disse:

    Duarte, quando você me chama de irmão você está usando de hipocresia, visto que ao mesmo tempo você me trata com um pejorativo (limão) além de tudo, em um debate é falta de respeito com os oponentes, isso eu vejo como destempero. Calvino em momento nenhum foi homenageado em nada, pelo contrário assim como hoje é muito combatido. Calvinismo não uma doutrina, Calvino foi um dos maiores sistematizador das doutrinas dos apóstolos, dando seguimento a Agostinho de Hipona. As doutrinas dos apóstolos foram discutidas em Dort em 1609 combatendo o arminianismo e que foram e são confundidas como sendo de Calvino. Calvino nunca escreveu nenhuma teologia sistemática e sim as institutas é lá no topico eclesia que ele trata que “fora da igreja não há salvação”. Duarte o termo protestante foi “cunhado” na França, por favor faça uma pesquisa. Duarte dons é para os neocalvinista de quatro pontos.

    • Duarte Henrique disse:

      Apelou perdeu… hehehe Calma irmão Lima, é brincadeira! Mas não tem problema. Eu lhe chamo assim sem nenhuma hipocrisia! E tem mais, você não é meu “oponente”, apenas pensamos de modo diferente. Mesmo você não gostando, você é meu irmão. Tenho me divertido muito e aprendido muita coisa aqui no blog. Sou calvinista mesmo, sem nenhum medo. Quanto as Institutas, ou tratado da religião cristã, as tenho aqui em casa, em quatro volumes. Confesso que já li o primeiro deles, e o mais importante. Mas insisto, não confunda calvinismo com Calvino. Ademais, qualquer pessoa que escreva cientificamente sobre teologia, o faz de modo sistemático. Por isso, sem sombra de dúvidas As Institutas são teologia sistemática sim! Quanto a Agostinho, também o admiro bastante, já leu suas confissões? é um bom livro, nos ensina que temos de ser bastante tolerantes com os outros, uma vez que também tenhamos muitos defeitos.
      Espero que em breve possamos nos encontrar pessoalmente, pois estamos com um projeto para iniciarmos um programa, na TV MP, intitulado “MP DEBATE”, onde os temas aqui discutidos serão filmados e gravados num debate a ser disponibilizado aqui no blog e no youtube! Você é meu convidado especial. Mas de qualquer forma, se quiser vir, pode vir, eu luto muay thay! (brincadeirinha…)

      Abraços sinceros!

  15. Lima disse:

    Duarte não vejo nenhum problema o irmão me chamar assim. mas para o irmão se alto nominar calvinista você vai ter que aceitar o pedobatismo não sei se o irmão já é ou pretende ser, além de ser um confessional coisa que afirmo que você não é. Tampinhas nas costa só serve para agradar, não faz meu gênero. Irmãos se respeitam embora divergindo em alguns pontos. não luto nada, a luta cabe aos Neeista ou Leeista, ou então a Chuista. Já li sim, bem como a cidade de Deus, tolerância é biblica Gl.5.22, agostinho apenas nos relembra. Breve se aprouver a nosso Soberano, mas acho que depois o irmão talvez não minha mais como seu convidado especial.

    • Duarte Henrique disse:

      Grande irmão Lima,

      Com certeza vou batizar meus filhos, mesmo sendo crianças. Qual é o problema? Eu não tenho nada contra. Se eles tiverem que ser salvos o batismo apenas confirmará. do contrário, não terá efeito algum.
      E mais, você continua sendo meu convidado especial!

      Abraços fraternos em Cristo!

  16. manoeld disse:

    valeu pelo exercício mental. Os crentes tem deixado de lado essa poderosa ferramenta que é usar a razão.
    Cá estou eu novamnte pensando e sonhando com a igreja, essa invencão fantástica de Jesus de Nazaré. É mais que certo que existam muitas virtudes na igreja de hoje, mas também muitas valhas gritantes, que se Jesus entrasse hoje em uma delas, viraria as mesas e daria umas boas bordoadas em mt membro e pastores cheios de si mesmos! Valeu pela discussão sadia. todos crescemos com isso.

  17. Lima disse:

    É Duarte vejo que você gosta da tradição! Realmente o irmão é um Neeista! Mas os irmãos, principalmente o moderador nos advertiu que não devemos mudar o foco, quando formos tratar de pedobatismo se por ventura este precioso espaço abordar esse tema, retornaremos ao assunto.

  18. Karol disse:

    É como toda a boa discussão desse blog, esse aqui não está por menos!

    Bem, na minha opinião percebo se a gente for olhar pra dentro daquelas paredes, encotraremos bem mais que 10 motivos para odiá-la, mas como o Dário listou lá em cima…
    “se pudermos encontrar alguns motivos para amá-la vale a pena”.

    Lembrando que todos somos pecadores, e a igreja é simplesmente “dirigida” por homens pecadores como nós…

    Então, acho que foi só por esse motivo que Jesus derrubaria o templo e construiria de novo em 3 dias como lembrado pelo Waldson. Deus sabe da nossa natureza pecaminosa, sabia que muitos iriam se corromper com a glória oferecida pelo homem e até pelo o dinheiro, mas eu creio que Deus ama a igreja porque observamos muitas vezes Jesus indo ensinar nas sinagogas mesmo sabendo do que se passa ali.

    Abraços.

  19. Duarte Henrique disse:

    Grande Karol, salvando a pátria feminina em termos de participação. Muito bons seus argumentos.

    Valeu!

    • Karol disse:

      kkkkkk…

      Bela observação… agora nós sabemos porque as meninas perdem todos os “torta na cara” do Sabadão!!

      ;)

  20. Rômulo de Barros disse:

    Cara, participei do super “A Fazenda” e, por estar isolado do mundo chego aqui agora e vejo que as discussões bombaram!!! Li boa parte, mas confesso não ter lido tudo….

    Muito legal a troca de palavras com a nobre irmã Fabrícia.

    Fez bem o prof. Duarte (com certeza ele vai dizer que não é ou q não gosta, hehe) diferenciar o contexto de igreja aqui lançado, pois o Irmão Lima o confundiu no início.

    Quanto à igreja, penso como a maioria: em que pese haver tantos pontos negativos, existem muitos bons motivos para nós a frequentarmos. Um deles foi apontado pelo Chefe Waldson – um ótimo ambiente familiar.

    Acho que nós devemos adquirir uma fé convicta a ponto de passar por cima de qq problema e estarmo congregando felizes da VIDA!!!!!

    Abs

  21. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte Henrique

    O fato de nunca ouvir falar a respeito do batismo em sofrimentos não quer dizer que não exista. A um tempo atrás eu pensava que muita coisa não existia, mas graças a Deus, Ele abre os olhos do nosso entendimento. São muito os textos que nos dá esse entendimento, existem assuntos na Bíblia que são impossíveis de se compreender com dois ou três textos, é preciso conhecer o contexto bíblico geral. É preciso ter um coração ensinável, o fato de nunca ter ouvido era um grande motivo para estudar este assunto e buscar saber se de fato a bíblia nada diz a respeito, se não o fez ainda.
    Isso é ser bíblico, deixar que a bíblia responda por ela mesma.

    Eu ainda vou aparecer ai na Sede, vou procurá-lo, e se possível iremos nos assentar e conversar um pouco. Tem assuntos que são complexos.

    Um grande abraço meu irmão!

    Sola Scriptura!

  22. […] semana passada publicamos o artigo “10 Coisas que Odeio em Você, Igreja” e deu bastante discussão. Foram mais de 50 comentários em menos de 3 […]

  23. Josué FLAUSINO disse:

    Pra que complicar ? é simples:

    “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
    Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s