TELETON que Nada, O Negócio Agora é o LOUVORTON

Publicado: 10/11/2009 por JoABsoN_CaRLoS em Notícias
Tags:,

PraiseTON

Salve, salve galerinha do MP-Vida e demais leitores….

Vejam só a que ponto chegou a utilização (indevida na minha opinião) do Evangelho por pseudo-pastores mundo à fora…

Todos (ou quase todos) aqui conhecem o Criança Esperança da Globo, o Teleton do SBT entre outros não é mesmo?

Então, taí um jeito “fácil” de arrecadar $$$$$….

Pois bem, TELETON já era, o negócio agora é o LOUVORTON, é isso mesmo, LOUVORTON (que isso não chegue ao Brasil – pelo amor de Deus).

Vejam os detalhes desse esquema, em um pequeno post no BLOG de um colega:

Teleton que nada! O negócio é LOUVORTON! Estou estarrecido! Já faz uma semana que o maior canal cristão dos Estados Unidos (TBN) vem promovendo a maior pedição de dinheiro de que já vi. Eles a chamam de PRAISE-A-THON, uma espécie de teleton, mas cuja verba arrecadada será revertida em benefício próprio. Durante oito dias consecutivos, diversos profetas da teologia da prosperidade desfilaram num programa de auditório, pregando exclusivamente sobre DINHEIRO. Enquanto pregavam, versos bíblicos escolhidos a dedo passavam no rodapé da TV. Espero que a turma desta danosa teologia no Brasil não se inspire e faça o mesmo. Por favor, não contem pra eles! Imaginem: 192 horas ininterruptas com o que há de pior dentre os pregadores televisos do Brasil, pedindo, pedindo, pedindo, profetizando riquezas, e passando o rodo. Só em pensar, dá vontade de vomitar! Se quiser conferir, dá uma espiadinha no site da TBN: www.tbn.org Eles também são donos de uma espécie de Disneylandia cristã aqui em Orlando, conhecida como Holyland.

Autor: Hermes C. Fernandes
Fonte: [ Blog do autor ]

Que fique bem claro que não sou (nem somos – MP-Vida) contra a caridade e assistência social. Inclusive quem conhece o trabalho da MP sabe do que estou falando (TBC, Impacto Evangelístico etc…).

Agora você utilizar o nome de Deus e a caridade para arrecadar dinheiro é brincadeira heim.

Espero que reflitamos acerca de mais esse tema espinhoso que tenta avançar cada dia mais.

Abraço e até a próxima!!!!
Joabson Carlos

Anúncios
comentários
  1. Karol disse:

    Nossa!!!!

    Me envergonho do que as pessoas andam fazendo por causa do dinheiro!!!!

    Será esses homens pastores mesmo?!?

    As vezes me perguntou como pessoas que “sabem” tanto pode fazer tanta coisa, sabendo o que resta no final!?!?

    O que mais esperar da humanidade?!?!

  2. Duarte Henrique disse:

    Gente, vou ser bem sincero,

    Esse négocio de oferta tinha que acabar em qualquer igreja, que realmente seja séria! Deus não precisa de dinheiro pra ficar feliz, nem pra testar minha fidelidade caramba! Quem precisa de dinheiro são os homens gananciosos que ficam manipulando os menos avisados, ou os outros gananciosos que buscam usar a divindade como forma de enriquecer. Eu fico é rindo quando leio reportagens a respeito de mais um bobão que foi enganado por uma dessas igrejas da prosperidade e depois vai pra justiça pedir o dinheiro de volta…

    Abraços

    PS: “E como vamos pagar as contas dos gastos referentes a comunidade cristã? (luz, água, missões etc.)”, pode perguntar alguém. Ora, que os membros se reúnam e dividam os gastos. Agora, o que não dá é pra ficar dando dinheiro à rodo sem sequer saber aonde ele está indo parar…

  3. irineu disse:

    Pelo que paulo diz acerca de ofertas em 2 coríntios, a igreja só pode pedir ofetas quando houver necessitado na igreja. Não concordo em se pedir oferta em todos os cultos, só se houver necessitados precisando.

  4. Penso como interessante a tese aventada pelo Duarte, qual seja, a que se rateiam apenas os custos efetivos, na medida em que se pode efetivamente ajudar, visto que, temos pessoas humildes na igreja que precisa do amparo da igreja.

    Sendo assim, acho interessante que o braço da igreja alcance mais necessidades dos fiéis, deixando para segundo plano as questões pertinentes a outras coisas (templos megassuntuosos, campanhas na tv sem fins de evangelhismo etc)…

    Penso mais ou menos por aí…

    já que se dizima e se oferta, que se utilize esses recursos da melhor maneira, uma vez que Deus não determinou que ofertassemos para fins diversos das necessidades da igreja (templo, auxilio aos irmaos necessitados etc).

    É o que penso. Posso estar errado, mas é o que penso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s