Usos e Costumes. A Roupa.

Publicado: 11/11/2009 por Rômulo de Barros em Devocionais
Tags:, , , ,

crente

Super jovens MP, aqui vai minha primeira contribuição para o BLOG mais querido do Brasil.

Nos últimos dias, só se ouve falar na imprensa sobre o escândalo da garota que, com seu mini-vestido, provocou um alvoroço numa universidade do ABC Paulista. As discussões correm soltas, todos tem o seu pitaco sobre o assunto.

Geisy Arruda (20) foi alvo de reprovação e agressões morais de todos os alunos por estar com um vestido “pink” curto. Eu diria: curtíssimo.

Chegou a hora, e é já, de lançarmos mais uma polêmica: “Usos e costumes. A roupa”.

A Assembleia de Deus possui uma frente bastante peculiar, e hoje um tanto pitoresca, quanto à indumentária de seus membros. Acostumamo-nos a ver, nós, antigos na “Bleia”, a mulher usando saias abaixo do joelho, cobrindo o resto com meias grossas; o “top” cobrindo toda a extensão do braço e do colo; sapato sem salto; cabelo sem corte, etc. O homem exclusivamente de calça e camisa de mangas longas, fora o saudoso chapéu.

Em 1975 fora realizada uma famosa convenção por parte das Assembleias de Deus do Brasil (Baronil), deliberando o modus vivendi do cristão (ou, dos seus cristãos, né!?). Trata-se da famosa Convenção de Santo André, tendo esse nome não por causa do pobre santo, mas por ter sido realizada no município que, por ironia do destino, também pertence ao ABC Paulista – coisas do além. Dispôs o seguinte:

A 22ª Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, reunidas na cidade de Santo André, Estado de São Paulo, reafirma o seu ponto de vista no tocante aos sadios princípios estabelecidos como doutrina na Palavra de Deus”. A Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Obra no Brasil – ela, a Convenção Geral, imbuída sempre dos mais altos propósitos, deliberou pela votação unânime dos delegados das igrejas da mesma fé e ordem, em nosso País, que as mesmas igrejas se abstenham do seguinte:

1) Uso de cabelos crescidos, pelos membros do sexo masculinos;

2) Uso de traje masculino, por parte dos membros ou congregados, do sexo feminino;

3) Uso de pinturas nos olhos, unhas e outros órgãos da face;

4) Corte de cabelos, por parte das irmãs (membros ou congregados);

5) Sobrancelhas alteradas;

6) Uso de mini-saias e outras roupas contrárias ao bom testemunho da vida cristã;

7) Uso de aparelho de televisão – convidando abster-se, tendo em vista a má qualidade da maioria dos seus programas; abstenção essa, que se justifica, inclusive, por conduzir a eventuais problemas de saúde;

8)Uso de bebidas alcoólicas; (Publicado no Mensageiro da Paz de abril de 1989, pág. 17)

Ao que me parece, essa carta magna das Assembleias continua em plena vigência, mas não em eficácia – diriam meus colegas juristas. Por estar suscinta, ela é até boazinha, posto que existem muitos outros dogmas mais pesados por aí. O rigor sempre foi muito grande a esse respeito. Os membros que desrespeitassem essas regras eram/são tratados a duras penas.

Conta-se uma estória sobre esse assunto: numa Assembleia de uma pequena cidade, uma irmãzinha consegue um emprego razoável após tanto tempo desempregada. Mas no tal trabalho exige-se o uso de calça. Dada a necessidade, ela não recusa e assume o posto. A notícia chega aos ouvidos do ministério da igrejinha. Inconformados, os obreiros cobram do pastor, recém-chegado à congregação, uma reunião para discutir o caso. Na reunião, mesmo após a explicação da pobre irmã, as vozes são unânimes: “exclusão!”. A fim de concluir, o pastor diz:

– Irmã Luciméria, quanto a senhora tá ganhando lá?

– Um salário mínimo Pastor Vandercleisson – responde a coitada.

– Tudo bem, o problema está resolvido. Esta igreja não excluirá a irmã, mas com uma condição: que abandone o emprego e pare de usar calça.

– Mas pastor, eu preciso do emprego, senão passarei fome!!!

– Caaalma irmã, isso também está resolvido: cada um dos obreiros aqui presentes pagarão uma parte do salário da senhora… Todos da reunião interropem esbaforidos.

Reconhece-se um movimento pró-revolucionário quanto aos usos e costumes no seio da denominação assembleiana. No contexto atual, admite-se uma verdadeira crise de conceitos e valores. Na nossa igreja, a título de exemplo, convivemos com mulheres que vão às reuniões de calça e brinco. A maior parte corta o cabelo e pinta as unhas. Entretanto, nos cantões deste Brasil ainda se tem muito rigor, muita cobrança, muita ignorância – como o caso da Ir. Luciméria.

Qual a sua opinião a respeito? Deve haver a liberação? Do quê? Qual os limites da vestimenta de um cristão na congregação? Se a indigitada Geisy aparecesse num de nossos cultos, qual seria a nossa postura? Há pecado no vestir?

Um grande abraço a todos, que permaneçam sempre confiantes e sedentos pela Graça de Cristo.

Rômulo de Barros

comentários
  1. Roberto disse:

    Eu não assinaria a carta do “seu” André não, mas as vezes confesso que me sinto enganado perto de algumas meninas camufladas! Está certo que há muitos outros valores não visuais que podemos valorizar, entretanto, tomou banho e a beleza vai ralo a baixo, lamento, me sinto enganado! Assim como acho o uso de anabolizantes lamentável da parte dos atletas, só para conseguir resultados melhores… Tanto enganação quanto. Do prisma da vaidade, não culpo ninguém. “Vi que tudo debaixo do sol é vaidade.” já dizia o profeta no livro de Eclesiastes.
    Em tempo, um realce maquiado numa ocasião especial é inquestionável, mas todos os dias, corre-se um sério risco não acham?

  2. Duarte Henrique disse:

    Galera, lá vou eu…

    Sempre fui contrário à questão de usos e costumes na Assembléia de Deus. É querer ganhar o céu pelas obras, falta de adequada compreensão do que realmente seja a graça de Deus. Contudo, no que diz respeito a roupa das mulheres, penso que seja uma questão de bom senso. Definitivamente não acho que seja pecado a mulher usar a roupa que quiser. Todavia, uma mulher que se veste de modo vulgar será tratada de modo vulgar, não existem alternativas. Se uma mulher quer ser respeitada, que se vista de modo decente, do contrário, que aguente as piadinhas ou coisa pior… Eu fico bobo quando uma moça se veste de modo sensual, leva uma cantada e ainda acha ruim. Ora, então por se vestiu assim? Mulheres: a elegância está no mistério, na leve sugestão. Uma mulher que “se mostra de mais”, perde logo a graça e beleza. Não serei hipócrita: uma mulher vestida de modo vulgar pode até provocar certa excitação, mas, no fundo, todo cara de bom senso pensa duas vezes antes de querer alguma coisa séria. Outra coisa que incomoda é ver essas mães desmioladas pegando suas filhas de dois ou três anos e colocar nelas um “tomara que caia” ou uma mini-saia e ainda achar bonitinha. Depois, quando a filha cresce, ainda vai querer que a menina se vista de modo decente. Fala sério…

    Abraços!

    • Ahahahah to rindo do detalhe final do seu comentário Duarte…

      Olha que eu vou passar o link lá dos 10 passos de como criar uma filha que você publicou no nosso blog “Alternativo”… Ia dar o que falar aqui..

      Fuiss

  3. Fabrício disse:

    Duarte falou tudo! também não axo q uma ropinha faz a pessoa pecar ou não! a intenção do coração sim pode levar a pessoa ao pecado..

    • valdiney658 disse:

      certo fabricio mas a biblia diz e o nosso exterior é reflexo do interior ou em vão diz as escrituras a boca fala do que esta cheio o coração.qual a intenção de andar semi nua? não faz mal? e porque algumas não se veste adequadamente com pudor e modéstia como diz a biblia?

  4. Penso que a citada Convenção não foi plenamente recepcionada pela Bíblia, logo, não deve ser seguida à risca…

    Devemos obediência a Deus e à sua palavra, não aos achismos doutrinários criados por “homens” (pessoas) tão falhos e pecadores quanto nós.

    Outra coisa, é interessante que leiamos o capitulado na carta de Paulo aos Romanos, precisamente no versículo 20, do cap. 5, o qual afirma de forma contundente que “Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;”

    Abraço e até mais galerinha do MP-Vida…

    • Rômulo de Barros disse:

      Em que pese a velhice da Convenção, aí não é caso de recepção, é caso de Ação Direta de Inbiblionalidade (ADI). E você é um pobre mortal, Joabera, não tem legitimidade para propô-la! kkkkk…

      Abraço!

  5. Rômulo de Barros disse:

    Então, amigos. Lendo os comentários vejo que a maioria é contra essas restrições impostas no uso de roupas. Pergunto eu: Não há limites, portanto? Há pecado no uso de roupa, ou não?

    Exemplo: se uma mulher se veste de forma absolutamente sensual e provoca uma “imaginação pecaminosa” em um homem, tem culpa?

    Abraços!

    • À luz da bíblia sim. Mas qual seria essa forma sensual no vestir? não vejo (nem consigo imaginar) a bíblia estabelecendo um padrão exato, vez que fora escrita em outra época totalmente diversa da de hoje. Sabemos que em outras culturas, não se fala em vestimenta (índios, tribais, “primatas” etc, p. ex.).

      Penso que o Sr. DEUS nos presenteou com a bíblia não para que entrassemos em conflito uns com os outros, mas para que pudessemos agregar o maior número de pessoas que o desejam e nEle creem.

      Imagine como não deve ser a vida de um missionário (daqueles rígidos) pregando a pessoas de outras culturas exóticas… Imagine a reação dessas pessoas a serem indagadas por aquilo… Enfim, por aí vai mundo adentro…

      Por fim, concordo com o que o Duarte escreveu acima, não basta seguir determinado tipo de comportamento e/ou modismo, tem que ser aquilo que se é, com o coração voltado para os propósitos de Deus….

    • Caramba…

      Nenhuma mulher opina aqui não? Estamos falando delas e nada?

      Ai ai hein meninas?

  6. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte Henrique
    É inquestionável que a Salvação não depende de obras. Mas, e agora? Qual a necessidade das obras?

    Paz e graça!

    • Rômulo de Barros disse:

      Aqui não é o objetivo, né, Thiago?

      Abraço!

    • Duarte Henrique disse:

      Fica tranquilo Thiagão,

      Em breve postaremos algo aqui a respeito da boa e velha discussão entre o Clavinismo e o Arminianismo. Aí poderemos discutir com profundidade. Porém, uma coisa já temos em comum: no que diz respeito a salvação, ambos concordamos que as obras são inúteis! Em breve aprofundaremos o debate.

      Abraços!

  7. Estevam Eduardo disse:

    Galera, acredito que pode haver pecado no uso da roupa. Mas como bem disse o Fabrício, o que realmente importa é a intenção do coração.

    Vou esclarecer, muitas meninas tem pecado porque usam roupas inadequadas. São aquelas que chegam para as amigas no banheiro da igreja e perguntam se suas roupas estão imorais. Para que ela faça essa pergunta certamente ela já está sentindo que há algo errado com seu jeito de vestir, já tem na cabeça que tem algo sensual na sua roupa. Perguntam somente para tentar buscar aprovação, porém já pecaram pois se deixaram levar pela sensualidade. E sensualidade é pecado.

    Assim sendo acredito que devemos ter limites para o uso de roupas – esse limite deve ser dado pelo bom senso, e principalmente pela sensibilidade do Espírito Santo.

    • Rômulo de Barros disse:

      TT, te entendo e também concordo contigo. Só que há uma questão cultural inserida. Exemplo: na África, misisonários tem que lidar com as congregadas apresentando-se nas reuniões com os seios à mostra. Será que o pecado varia de cultura para cultura, pergunto para mim mesmo também…

      Abraço!

    • Pr. Edmilson Joaquim de Oliveira disse:

      Parabéns Estevão, estou feliz de ver um jovem da sua idade pensar assim, pois tenho certeza que, independente de sexo, um cristão que o Espírito Santo habita dentro dele jamais se vestirá ou se comportará de uma maneira que não glorifique o seu Deus, ou seja, precisa que o Altíssimo habite dentro dele, um abraço.

  8. Cristiane Novais disse:

    Caro Duarte,

    Essa sua afirmação: “Se uma mulher quer ser respeitada, que se vista de modo decente, do contrário, que aguente as piadinhas ou coisa pior… Eu fico bobo quando uma moça se veste de modo sensual, leva uma cantada e ainda acha ruim.”
    Embora eu não te ache machista, vc foi infeliz nela!!!! Concordo que a mulher tenha que ter bom siso. Agora, se ela quiser se vestir de modo sensual;vulgar e etc, isso não dar direito para homem algum “fazer piadas ou coisas piores” com ela. Temos que respeitar o próximo indepedente de qualquer coisa!
    Beijos.

    • Hiiii… A corda esticou heheheeheh

      Esse debate é bem complicado.

      Existem homens cafagestes porque existem mulheres piriguetes ou existem mulheres piriguetes porque existem homens cafagestes?

      Quem surgiu primeiro: A galinha ou o ovo?

      O mundo tá perdido mesmo pessoal.

      Na minha humilde opinião só existe mulher se vestindo de forma vulgar porque tem quem (homens e mulheres) dê “idéia, olhar, quebrada de pescoço” para elas.

      Vem cá mulheres. Vocês se vestem tanto para homens quanto para mulheres? Expliquem do porquê disso por favor!

  9. Kley disse:

    Para aqueles que viveciaram o “AI-5″ da Convenção de Santo André acima citado, lembrarão da caçada as bruxas que existiu na igreja!! calma!, apresentarei o paralelo, qual a diferença entre queimar alguém na fogueira e excomungar uma irmãzinha que cortou o cabelo, ou seja, ao desligar a irmãzinha dos céus é o mesmo que condenar ao fogo do inferno. ” ..tudo aquilo que vocês desligarem na terra, será desligado no céu… Mateus, cap. 18, Vers. 18-20″.

    Bem, como já coloquei muita lenha na fogueira, apresentarei uma outra visão a cerca das vestimentas usadas pelas irmãs num contexto científico…rsrs.

    Vivemos num mundo dimensional escalar, que de certa forma exige o uso de parâmetros para analisar e julgar, exemplo: o tamanho de um objeto, aprofundando mais no tamanho do objeto teremos o metro definido no Sistema Internacional de Medidas S.I. “revisão de Física”rsrs, aonde eu quero chegar com isso???.

    Infelizmente não existe no S.I. uma unidade padrão de medida de SANTIDADE o “sº”, como é que a gente media a santidade das irmãs antigamente?????

    —Pelas vestes! uai!!! quantos não fazem isso? ao analisar a roupa da irmã, se a saia chega no joelho, blusa de manga comprida, e o cabelo, quanto mais ponta-dupla tinha o cabelo da irmã mais santa era…

    No caso da universitária do vestido pink curto, o nível “sº” de santidade dela é muito pequeno, ou seja, de santa ela não tem quase nada…

    Julgamos baseados em parâmetros estipulados por comunidades ditas cientificas, religiosas, sociais, panelinhas e etc…

    fico por aqui, pois, sei que cada um julgará o meu comentário baseado em seus parâmetros, para aqueles que tem cristo como parâmetro devem se lembrar da vaia que ele deu ao jogar pedras na ex-puta Maria Madalena.

  10. Duarte Henrique disse:

    Cara Cristiane,

    Embora eu te ache feminista, sei que no fundo você sabe que estou certo, e sabe que pretende se casar com um cara que pense igual a mim! Devo concordar com você no que tange o respeito ao próximo. Contudo, uma mulher que se veste de modo vulgar sequer está se respeitando! E tem mais, se levar cantada de cafajeste ou de biltre, tem que ficar caladinha. Se quer ser respeitada, se respeite primeiro!
    Outra coisa, discordo da galera que acha que o vestir pode, em qualquer situação, ser pecado. O problema, nesse sentido, é que não temos padrões para tanto, como bem explicou o Kley. Dizer que uma coisa é pecado é uma responsabilidade muito grande galera, pois no passado, até tomar banho com sabão já foi pecado! Eu penso duas vezes antes de dizer que alguma coisa é ou não é pecado! Cuidado para não se tornarem legisladores… Só existe um legislador.
    Na verdade, não é pecado, mas é uma profunda falta de estilo e bom senso a roupa que certas mulheres usam, inclusive na igreja. Com minha filha vai ser diferente, a guria vai andar na linha!!!

    Abraços, inclusive para essa tal Cristiane!

    • Ahahahah eu vou acabar te denunciando o que você anda lendo Duarte…

      O tal “Como Criar Meninas de Modo Decente em 10 Passos” é muito bom galera… Nem imaginam!!! Nusssssssss

      Já mandei emoldurar estes 10 passos para colocar no quarto da minha futura filha!

      Passa aí pra galera, Duarte… hehehe

      • Duarte Henrique disse:

        Quem sabe no futuro grande Dário… Quem sabe…. Eu iria colocar agora, mas vamos deixar a poeira do outro artigo abaixar….
        Outra coisa, se eu tiver um filho então, ele vai se casar com sua filha e vice-versa.

        Abraços

    • Pr. Edmilson Joaquim de Oliveira disse:

      Parabéns Duarte por estas colocações, pois a mulher que se preza e tem bom senso, ou seja, sabe se valorizar não precisa de andar de uma forma provocante, um abraço.

  11. Duarte Henrique disse:

    TT,

    Eu não acho que a sensualidade seja pecado. O pecado talvez resida na má utilização da mesma. Quem pensava que ela era errada eram os gregos pós socráticos, por conta da radical divisão que faziam entre o mundo material e o mundo ideal (platonismo). Eu, particularmente, espero que minha esposa seja sempre sensual, ao menos pra mim. O errado é a mulher, ou mesmo o homem, utilizarem a sedução com fins ilícitos.

    Grande Abraço!

  12. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte Henrique,

    Certo meu irmão!

    Paz e Graça!

  13. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Rômulo de Barros,

    A Palavra de Deus sempre será palavra de Deus, seja na África, no Japão, no Brasil e até mesmo na sua casa. Nos é quem temos que ser conformados à imagem do Filho, não o contrário.

    Paz seja contigo!

  14. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Estevam,

    A salvação é progressiva, Deus regenera seu espírito, transforma tua alma, e glorifica teu corpo, esse é processo da salvação! A vida de Deus que está em nós deve ser manifesta através do corpo. Jesus diz em sua palavra:
    “Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo, para que também o exterior se torne limpo.” Mateus 23.26

    O copo se refere ao homem, não apenas o interior deve ser limpo, mas também o exterior, começa de dentro para fora. Seu exterior é reflexo do seu interior!

    Paz meu irmão! Abraço!

  15. Fabrício disse:

    sei que a graça e a misericordia de Deus são infinitamente maiores do que agente JULGA ser ou não pecado. ” não sejais demasiadamente santos ” nem demasiadamente sujos claro! kkk amanha tem futebol??????

  16. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    Se a sensualidade não é pecado…O que significa então ser um láscivo? O que é a lascívia?

    Paz e graça!

    • Duarte Henrique disse:

      Grande Thiago,

      Veja bem, o lascivo é um bom exemplo de pessoa que usa a sensualidade de modo errado. Como disse, a bíblia em nenhum momento condena a sensualidade, mas a deturpação. Veja, por exemplo, o livro de Cantares, é um livro poético e sensual, mas não é lascivo ou sensualista. E não adianta dizer, como dizem alguns mais resistentes, que o livro se refira a igreja e Cristo. Ele está falando de sexo mesmo! Além do mais, se formos pegar o sentido real e técnico do termo, o simples ato de ouvir uma música ou comermos algo já é sensualidade, pois o termo tem estrita ligação com os sentidos, dos quais dependemos. Fazendo uma analogia: Comer é pecado? É claro que não! Mas a gula é pecado. Com a sensualidade é a mesma coisa. A sensualidade nõa é pecado, mas o sensualismo e o hedonismo são. É o que penso.

      Até mais!

      • Thiago Neiva Fonseca disse:

        Duarte…

        Cantares é um livro poético e sensual porém, fala de um relacionamente entre uma noiva e um noivo, se referir a Cristo e a Igreja não entrarei na questão. Dizer que não é pecado a mulher usar a roupa que quizer é complicado, se definitivamente não acha pecado mulher usarem a roupa que quiserem,porque se incomoda com as menininhas de “tomara que caia”?

        “Vamos lá irmãs, na Escola dominical quero todas de “tomara que caia” e uma saia bem curtinha, mas só lembrando, tentem fazer isso em espírito.”

        “Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” I Timóteo 4.12

        Paz e graça!

      • Rômulo de Barros disse:

        Não se esqueçam da questão cultural: o que é sensual aqui não é acolá!

  17. Lima disse:

    Thiago, como se diz aqui no nordeste, tu é dicunfoça ” O QUE É MESMO LASCIVIA?”. O grande problema dos homens é que eles querem adequar a Bíblia a cultura e as suas conveniências e pecados, quando na verdade a Bíblia é uma contra-cultura.

  18. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Lima…

    Amém.

    • Mario Santana Doria disse:

      Jesus Não Mudou, a Carta Aos Hebreus Cap. 13 Verso 8 Está Escrito Assim, Jesus é o Mesmo de Ontem, Hoje e Eternamente, Nascí em Berço Evangelico e as A.D Não Eram Assim Por Acaso Jesus Mandou Mudar Tudo? Quem Muda é o Homem Influenciado Por Satanás, Vai Passar os Céus e a Terra Mas a Palavra de Deus Não Vai Passar!!!! Por Acaso o Que Está Escrito na Primeira Carta do Apostolo Pedro Cap. 3 Verso 3 ? Será Que Aquilo lá é Brincadeira? Irmãs Abram os Olhos!!!! Lembrem-se da Parabola Das 10 Vigens!!!! Isto Tambem é Pra os Irmãos, o Que é Fazer a Diferença? Seria Andar Igual o Mundo? de Jeito Nenhum!!!! Abandonem os Prazeres do Mundo, se Não Todos Ficaram!! em Nome do Sr: Jesus Meditem em Primeiro João Cap. 2 Verso 15 !!! as A.D Pregavam a Verdade,Hoje Viraram as Costas Pra o Sr: Jesus São Cães Que Volta ao Própio Vomito,Pra Esses Tais Vai Aqui Apocalipse Cap 22 Verso 15 Cuidado Mentirosos!!!!

  19. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    Cantares é um livro poético e sensual porém, fala de um relacionamente entre uma noiva e um noivo, se referir a Cristo e a Igreja não entrarei na questão. Dizer que não é pecado a mulher usar a roupa que quizer é complicado, se definitivamente não acha pecado mulher usarem a roupa que quiserem,porque se incomoda com as menininhas de “tomara que caia”?

    “Vamos lá irmãs, na Escola dominical quero todas de “tomara que caia” e uma saia bem curtinha, mas só lembrando, tentem fazer isso em espírito.”

    “Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” I Timóteo 4.12

    Paz e graça!!

  20. Duarte Henrique disse:

    Thiagão,
    É o que eu te disse, para mim é questão de bom senso. Quando falei das meninas de “tomara que caia”, estava me referindo à crianças, que não tem escolha alguma. São vítimas dos caprichos de suas mães. Continuo achando muito tosco uma mulher usar roupas vulgares. Isso é querer ganhar o homem meramente pelo lado físico. Mas essa é minha opinião, não posso fazer dela um dogma e sair por aí dizendo que é pecado! Porque quando um homem usa um short curto ele também não está pecando? Questão cultural cara. Isso é minha moralidade.
    “Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu” Rm 14:2-3
    Uma coisa é minha opinião, outra coisa é sair por aí dizendo o que é e o que não é pecado com base na minha moralidade! Isso é uma questão de consciência, o Espírito Santo trabalha diferente na vida de cada um.
    Roupa vulgar não é pecado, é mau gosto!

    Grande Abraço

  21. Rômulo de Barros disse:

    Não se esqueçam da questão cultural: o que é sensual aqui não é acolá!

    Sensual é subjetivo…

  22. Rômulo de Barros disse:

    Vamos meninas, não se omitam! Imploramos por suas opiniões!!!!!!!!

  23. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    O Espírito Santo age segundo sua Palavra, e Ela é uma só! O exterior é reflexo do seu interior! A Cultura de qualquer lugar que seja não invalida a palavra de Deus.

    Paz!

  24. Duarte Henrique disse:

    Grande Thiago,

    O Espírito Santo não viola a entegridade de ninguém. Quer dizer que se você pregar na Escócia proibiria os homens de usar o Kilt, se fosse pregar para os índios os obrigaria a usar roupas? E mais, então por que nós hoje não nos vestimos como os palestinos se vestiam na época de Jesus?

    Abraços!!

  25. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    Estou falando de se vestir de com decência meu irmão! Não complica!

    Paz!

  26. Duarte Henrique disse:

    Entaõ me responda Thiago: Uma moça, aqui no Brasil, que vai a para a praia de biquini está pecando? Veja bem que a questão não é o aspecto espacial (a praia), mas o aspecto conteudístico (se vestir de modo decente). E aí? Você acha que ela pode ser cheia do Espírito Santo?

    Grande Abraço!

  27. Roberto Cantanhede disse:

    Essa discussão toda lembra a velha história da invasão da américa do sul. Se estivesse fazendo sol os índios teriam despido os portugueses.

    Agora quanto ao padrão do evangelho segundo os santos evangélicos, eu questiono se isso vai valer lá nos países islâmicos, vai usar saia lá para ver o que acontece…

    Ei, e os homens que praticam esportes como natação, alterofilismo, que ficam desfilando por aí só de cueca?

  28. Rômulo de Barros disse:

    É Roberto, já disse algumas vezes aqui. É complicado esse negócio, pois existe o aspecto cultural, que é altamente importante.

    Temos q tomar cuidado para não sermos como os judeus em Atos, que foram exigir a circuncisão e a lei aos gentios que se convertiam ao evangelho. Não podemos cravar isso ou aquilo baseados no senso comum regionalizado e impormos isso ao mundo.

    • Caramba…

      Fiquei fora um dia e vocês aprontaram tudo isso heheheeheh

      Tá bem hein Rômulo? O primeiro post e já conseguiu gerar essa discussão toda? heheeheh

      FUisss Deixa eu ver o que pessoal andou escrevendo na minha ausência.

  29. Isabel disse:

    Olá meu povo,
    Concordo plenamente com o que a Cristiane falou. Cada um tem o direito de vestir-se como bem entender e isso não dá o direito a alguém para desrespeitá-lo.
    Engraçado… Eu sempre me questiono até quando irá esse machismo exarcebardo. Eu preciso saber, quem dos homens que aqui responderam, vão à praia, clube, lago, piscina, ou sei lá o que, vestindo trajes “maiúsculos”. A meu ver, exceto os que vão com no mínimo blusa e bermuda no joelho, todos os outros estão com trajes indecorosos.
    Agora, uma perguntinha para os senhores homens deste blog:
    Qual é a implicância dos senhores para com as mulheres?

    • Rômulo de Barros disse:

      Olá Isabel,

      Não é bem assim. De minha parte eu afirmo sinceramente não ter implicância nenhuma. A tendência do artigo é justamente revelar o absurdo que se prega a respeito de usos e costumes.

      Não entendi onde houve o machismo generalizado.

      • Isabel disse:

        Olá Rômulo :)
        O caso é que vcs falaram aqui somente dos usos e costumes femininos. Por que não falam do anúncio do jogo de futebol de vcs? Ou dos trajes que vcs msm usam? É como propôs a Aline logo abaixo “que tal vcs discutirem a tábua dos olhos de vcs e deixem que nós mulheres discutiremos nosso cisco”.

      • Rômulo de Barros disse:

        Não iríamos contra nós mesmos nuuuunca, hihihihihi!

    • Meninas, não fiquem brabas… hehehehe

      A implicância é só pra ver vocês se manifestarem heeheheheh

      Até que enfim as meninas apareceram!

      Levem num tom de brincadeira meninas.

      Fuisss

      • Isabel disse:

        olá Dário :)
        Acho que descobri por que as meninas não se manifestam aqui.

        • Pr.Egidio disse:

          As meninas não se manifestam por serem sempre o alvo das criticas absurdas e infundadas de quem, quando eram jovem viviam uma vida sem compromiso com DEUS,você sabe o preço que um jovem paga pra sevir a DEUS em nosso tempo moderno?

  30. Duarte Henrique disse:

    Cara Isabel,

    Nós só queremos levar vocês de volta ao lugar do qual jamais deveriam ter saído, ou seja, o lugar de uma mulher de verdade: o lar e a dedicação à família. Vamos ajudá-las a não serem destruídas por essa maldita praga chamada feminismo, que tem causado uma série de patologias no caráter de muitas mulheres. Queremos que vocês tenham bons casamentos no futuro, e por isso, como homens de verdade que somos, estamos dando algumas dicas a vocês. Esse artigo é mais uma, se liga: CUIDADO COM O MODO COMO VOCÊ SE VESTE! HOMEM DE VERDADE PROCURA MULHER DE VERDADE. É como eu li num site outro dia: “Aqui nos damos as mulheres feministas o marido que elas merecem, ou seja, NENHUM!!!

    Abraços, e cuidado com a roupinha uhuhuhuh!

    • Duarte,

      O tema feminismo sempre aflora em outros debates… Isso tá enraizado na cabeça de muitas meninas… Tem que ir com calma… A tua afirmação na primeira frase vai dar o que falar. As feministas de plantão vão te matar ahahahahaah

  31. Isabel disse:

    Caro Duarte,
    Os tempos mudam, e essa mudança pode ser saudável para uma sociedade.
    Não adianta querer viver preso à década do seu bisavô, porque você terá sérios problemas com isso. As regras estabelecidas para aquela época, serviram muito bem para ela. Hoje, a mulher tem uma função social diferente, assim como o homem.
    Eu não me considero feminista, todavia o machismo está enraizado na nossa cultura. E não me refiro a coisas que desobedecem princípios bíblicos.

  32. Duarte Henrique disse:

    Cara Isabel,

    Apesar de não concordar com você, respeito sua opinião, pois você soube colocá-la de modo maduro. Portanto, percebe-se de plano que você não é uma dessas feministas chatinhas que gostam de reclamar de tudo, sem ter argumentos. Mas me diga aí, como você vê essa tal mudança social do papel feminino e masculino, principalmente neste último?

    Abraços e parabens!

    • Isabel disse:

      Olá Duarte,
      pensei tanto para responder essa pergunta, que resolvi escrever algo sobre o assunto. Assim que eu terminar o semestre, pretendo enviar-lhe algo. Qlq coisa pode me cobrar.

  33. Alinne disse:

    Nunca me manifestei neste blog, mas após ler palavras tão absurdas de alguns não poderia me calar. Em primeiro lugar discordo totalmente de algumas palavras aqui ditas, quando se referiu de que uma mulher que se veste vulgar poderá ser tratada de maneira vulgar, doeu. Ora, vc tratar uma mulher vulgar de forma respeitosa, não tem nada a ver com cristianismo, tem a ver em primeiro com educação. É o mesmo que dizer “estuprei porque ela estava com uma roupa pequena”. Não estou colocando palavras na boca de ninguém, é essa a consequência do machismo, quantas vezes nós que trabalhamos na justiça ouvimos esta afirmação. Desculpe qq coisa, mas é minha opinião.
    Concordo com todos que afirmaram que bom senso é fundamental, pois sempre foi a base dos meus trages. Não acho certo uma irmã evangélica se vestir de forma sensual, isso não quer dizer de forma feia. Agora os usos e costumes sempre aperta para o lado da mulher, porque a igreja é administrada por homens e, geralmente, machistas.
    Não vi nenhum rapaz aqui falar que pelos usos e costumes não pode jogar bola, usar short, que tal vcs discutirem a tábua dos olhos de vcs e deixem que nós mulheres discutiremos nosso cisco.
    CRISTIANE E ISABEL concordo plenamente com vcs.
    Lembrando que não quero ofender ninguém.
    A paz de Cristo esteja com todos.
    Um abraço a todos

    • Roberto Cantanhede disse:

      Errr… Eu resisti enquanto pude mas para enriquecer o debate pense nisso: acender o fósforo perto da gasolina e pedir para não pegar fogo é no mínimo uma ofensa às leis da física. Outros combustíveis se inflamam com temperatura e pressão. Alguns são mais voláteis e outros menos. A parte o comentário reducionista, de repente eu estou ouvindo dos dois lados que é todo mundo igual? Acho que devo ter lido em algum lugar que o que causa escândalo deve ser evitado para que o fraco não peque ou estou enganado? Ou todos os meninos de uma hora para outra vão aparecer de short no pátio só porque é dia de encontrão? Sejamos todos razoáveis. “Pernas para que te quero” hehehe

      • Fala Sério disse:

        Não tem lei de física nenhuma, é simplesmente falta de controle. Que eu saiba Deus criou o homem racional e não um ser que têm apenas institutos.

  34. Duarte Henrique disse:

    Grande Alinne,

    Quando foi dito aqui que uma mulher que se veste de modo vulgar seria tratada de modo vulgar, jamais afirmou-se que um cristão deveria agir assim. O que foi dito é que, por exemplo, se uma mulher de mini-saia passar na frente de um bar e levar uma cantada, não pode fazer nada! O que ela vai alegar? É igaul aquelas mininas que, na minha época de faculdade, iam de mini-saia para sala e depois ficavam “esticando” a saia quando se sentavam. Agora, jamais foi dito que uma mulher vulgar deve ser tratada de forma vulgar. Ela só não tem do reclamar. E tem mais, você é uma moça de bom senso, por isso se veste bem. Mas me diga, suponhamos que você e o seu marido/noivo/namorado estejam andando na rua e, de repente, entre uma mulher com uma roupa ou vestido “daqueles” na frente de vocês, o que você faz: continua e acha normal, ou fica falando pra ele não olhar e tenta desviar do caminho? Vocês mulheres nessas horas acabam sendo mais machistas que os homens…
    No mais, parabéns, assim como a Isabel você também mostrou maturidade no comentário.
    Continue usando o bom senso na hora de escolher a roupinha viu!

    Abraços e obrigado por contribuir!

  35. Fabrício disse:

    meu Deus será que ninguem enetende o que o Duarte diz aki???
    kkkk
    poxa vida o cara fala as coisas mais simples e óbvias e todo mundo questiona!

  36. Rômulo de Barros disse:

    É pessoal, esse debate veio a calhar. Tanto é que na reunião extraordinária do nosso ministério reclamou-se veementemente das vestimentas femininas. A cúpula reclamou da calça, do brinco, etc. Mesmo com uma grande intervenção indagando: “vamos trocar um brinco por uma alma?”, o pensamento manteve-se rígido.

    Estão vendo meninas? Meus parabéns pela participação de vocês. Acho que está faltando isso, que vocês saiam às ruas defendendo-se.

    Acalmem-se meninas, a úlcera também atinje os homens. A grande maioria vive em academias tomando “bombas” e tirando a camisa o tempo todo para mostrar sua “sensualidade”.

  37. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    A mulher deve ser decente em qualquer lugar, ambientes não anulam a Palavra de Deus. Eu queria ver uma mulher cheio do Espírito de fato expor seu corpo numa praia.

    Paz!

    • Pr. Edmilson Joaquim de Oliveira disse:

      Caro Duarte se eu te admirava agora muito mais ainda, pois eu duvido que Deus aprove um Cristão verdadeiro homem ou mulher semi-nu em qualquer lugar só porque aonde ele está, ou seja, em uma praia, ou clube, ou retiro, ou acampamento a maioria não tem nenhum pudor em se mostrar, louvo a Deus porque muitos, ainda, não se dobraram diante de Baal, um grande abraço e que Deus te conserve nessa pureza de Cristo Jesus.

  38. Estevam Eduardo disse:

    É verdade grande Rômulo, ontem na reunião de obreiros tive uma surpresa no mínimo desagradável:

    O Pr. Benedito foi questionado por um pastor sobre como ficariamos quanto a “doutrina” da igreja (usos e costumes), nosso pastor disse que realmente vai observar com mais rigor esse assunto, disciplinando se for necessário.

    Com toda razão o Pr. Jair se levantou não concordando, disse que não se pode perder uma vida por causa de costumes anti-bíblicos.

    Mas agora vem a decepção: cerca de 75% dos pastores ali reunidos (um total aproximado de 300) se levantaram contra a opinião do Pr. Jair.

    A conclusão então, foi de que todas as congregações de nossa igreja e a própria Sede passariam a observar os antigos costumes sob pena de disciplina.

    Agora quero ver o que as meninas vão achar da proibição de usarem calça (inclusive fora da igreja – pq em Vila Dimas a mulher que usa calça mesmo fora da igreja não pode participar da ceia). Agora o sistema vai ficar bruto!!!

  39. Duaarte Henrique disse:

    Bom Thiagão,

    Concordo com você no que diz respeito a questão da decência e etc. Mas quando você condiciona a espiritualidade de alguém ao tipo de veste que ela estará usando, aí discordamos. Já fui do tipo de cara que achava errado sair de casa de bermuda! Isso é uma coisa que eu levei tempo para aprender… Cada um tem sua conciência diante de Deus, por mais que resistamos, achando que devemos criar padrões de conduta objetivos. Penso que, objetivamente falando, as únicas proibições doutrinárias impostas a igreja tenham sido aquelas feitas no concílio de Jerusalém (At 15).Todo o resto deve vir acompanhado da medida da fé de cada um, porque aquilo que não é feito pela fé é pecado, diz Paulo. Alguns presbiterianos, por exemplo, fumam e bebem, sem nenhum peso na consciência, e sem achar que estão pecando; quem sou eu para julgá-los? Você tem televisão em casa? A cinquenta anos então você iria para o inferno, pois isso era pecado! Penso que o cristão deve ser guiado pelo Espírito Santo, como você disse, e por sua consciência, e não por regras que o pastor ou a igreja coloca. Reitero, certas roupas revelam um profundo mau gosto, mas pecado… quem sou eu para julgar…
    Do contrário, ainda teremos por muito tempo o tipo de reunião descrita pelo Rômulo acima, em pleno século XXI, obreiros discutindo se as irmãs devem ou não usar calças ou brincos porque isso é pecado! Por que eles também não falam da TV?!

    Abraços!

  40. Simone disse:

    Não queiria que minha fala fosse uma fuga ao tema, mas como tudo sempre acaba em pizza…

    Caro Duarte,

    O que é isso que você escreveu???

    “Nós só queremos levar vocês de volta ao lugar do qual jamais deveriam ter saído, ou seja, o lugar de uma mulher de verdade: o lar e a dedicação à família. ”

    Mestres, o que vocês tem mais a nos ensinar? Nós, mulheres, somos seres humanos que pensam, que têm sentimentos, sonhos ou existimos apenas para sucumbir as vontades dos ” homens de verdade”? O que está faltando para vocês, homens, que ainda não foi dado? Quando é que vão parar de olhar para o úmbigo e de fato nos amar? Até quando deveremos ser responsáveis sozinhas dentro do lar, por coisas que são responsabilidade dos dois? Nós somos frágeis não façam isso conosco!

    ….

    Em todas as situações o melhor que podemos fazer é tentar respeita o próximo independente do sexo. Nós, mulheres, não busquemos igualdade com os homens naquilo que lhes é a podridão. Se não nos tornaremos piores que eles, aí a humanidade estará perdida e sem chance alguma continuação.

    Eu.

    • Duaarte Henrique disse:

      Cara Simone,

      Desconfio que você seja a minha cunhada… mas tudo bem uhuhuhuhuh! A questão é a seguinte: Se a mulher não tivesse saído de casa para ir trabalhar, a sociedade hoje não estaria assim. Isso é um fato, basta fazer um análise sociológica da vida privada do século XX e você perceberá isso facilmente, o caos começou lá. Além do mais, se a mulher quiser trabalhar, não deve negar, por isso, sua condição de esposa e de mãe, que é o que a maioria acaba fazendo! Vão ter que acumular as duas funçòes. O HOMEM TEM A OBRIGAÇÃO MORAL DE SUSTENTAR A FAMÍLIA, E DAR O MELHOR PARA SUA ESPOSA E FILHOS. MAS A MULHER TEM SUA OBRIGAÇÃO COMO ESPOSA TAMBÉM!! Afinal, se não é assim, por que vocês mulheres ainda insistem em se casar? O casamento é uma instituição MILENAR, já tem suas regras desde os tempos de Adão: o homem é o cabeça!
      Mas de qulaquer forma obrigado pela contibuição!

      Abraços.. e se você for minha cunhadinha, abraços duplos!!!!

    • Duarte,

      Essa discussão tá chamando aquele artigo sobre os conflitos da existência masculina… Cadê? Essas mulheres vão nos matar…

      Simoninha,

      Relaxa aí maninha… até que enfim tu se manifestou neste lugar heheeheh Eu quero saber também as suas opiniões… Podemos debater tudo o que quisermos, basta nos desarmarmos e apresentamos as nossas idéias.

      Gostei da sua idéia. Vocês não precisam de igualidade nas coisas podres que os homens fazem… Pra falar a verdade sobra pouca coisa boa para vocês buscarem igualdade…

      Vejam sem vocês querem igualdades para os podridões abaixo:

      – Maridos e pais ausentes
      – Homens que Trocar a família pelo trabalho
      – Homens Desonesto
      – Prostituição
      – Trocam a saúde pelo dinheiro
      – Homens canalhas
      – Políticos desonestos
      – Maridos desumanos, violentos, desrespeitosos e que não amam suas esposas e querem impor moral com violência (seja física ou moral)

      O feminismo quer tudo isso e muito mais! Prestem atenção!

      Vejam algumas citações feministas que nem vocês imaginam:

      http://silviokoerich.blogspot.com/2009/08/as-citacoes-feministas-mais.html

      Fiquem tranquilas meninas…

      O que o Duarte tem falado aqui não é para voltar para o tempo de nossos avós… Se assim fossem vocês não poderiam escolher por vontade própria seus maridos (seriam escolhidos por seus pais)… E com certeza outras barbaridades que não concordamos e não precisamos citar aqui.

      Fuis

  41. Duaarte Henrique disse:

    Galera,

    Diante do que o TT nos trouxe, eu proponho risistência. Mas uma resistência inteligente. Se não pode usar calça e nem usar brinco, também não pode ter televisão, não pode tomar banho com sabão, não pode ter rádio, homem e mulher tem que se sentar separado. NÃO PODE TER POLÍTICA E NEM POLÍTICO NA IGREJA!!!! NÃO PODE TEM EMPREGO DE DINHEIRO DA IGREJA SEM PRESTAÇÃO DE CONTA!! NÃO PODE TER OBREIRO QUE BATE NA ESPOSA (NÃO SE ESPANTEM, POIS TEM)… NÃO PODE TER OBREIRO ADÚLTERO ETC.
    Independência ou morte!!!! Chega de ficar nos comportando pacificamente diante de tudo! Fala sério!

    Abraços!

    PS: Se alguma mulher for disciplinada por causa disso… o movimento vai ter que radicalizar… vamos até as últimas consequências. Se você tem taquicardia… não nos acompanhe!

  42. Simone disse:

    Caro Duarte,

    Sou eu mesma…

    Depois podemos conversar mais sobre isso. Tem muito chão.

    Beijo

  43. Rômulo de Barros disse:

    Resistência, JÁ! Eu não vou bater palmas para desmandos sem base!

  44. Lima disse:

    Irmãos, vocês são jovens e filhos e filhas de pastores, conhecem a histórias de homens serios que passaram por essa igreja bem como falsos mestres. Olhem motim é coisa de anarquistas e não de cristãos. Peço em nome de Deus que tanto os homens como mulheres, formem uma comissão e procurem fazer uma reunião com seu lider (Sr.Benedito), expondo à luz da Bíblia as suas reivindicações, pois é ela que vai lhes dar autoridade, desta forma tenham certeza que vocês estarão agindo de maneira correta tanto diante dos homens como principalmente diante de Deus e, Ele os honrará sobremaneira. Façam uma leitura Rm.13.1-7. Reflitam.
    Duarte, você o Rômulo, Estevão o Dário, Karol, Cristiane, são excelentes nomes para compor esta comissão. O conhecimento serve para nos aquedar o coração e não simplesmente inchar a cabeça, embora vocês sejam jovens, mas já são experimentados. Reflitam com toda sabedoria e prudência. Que o nosso Deus os ilumine, um abraço fraternal.

    • Bem atentado Lima…

      Se queremos fazer algo que façamos diferente que muitos têm feito (Ficar só comentando com um e com outro sem agir de verdade)… Temos tido muita conversa e pouca ação…

      Proponho outras comissões também para diversos outras “falações”:

      – Comissão para acompanharmos os dízimos e ofertas; como e onde estão sendo empregados;

      – Comissão para tratarmos sobre o estatuto da igreja; Corrigir os artigos que são verdadeiras brechas para a política.

      – Comissão para uma administração mais participativa; Onde e como utilizarmos os recursos; modernização das estratégias de evangelização; ações sociais; estudos bíblicos; educação infanto/juvenil; centro de lazer e entreternimento cristão.

      Alguém propõe mais alguma?

      Me considerem em todas.

      Fuis

      • Nathy disse:

        Galeriinha aêe , Paz!
        Tô aquii pra deixar minha opnião, eu axo o seguintee, sobre as roupithas da mulheradaa: Temoos que nos vestiir de maneira ‘Equilibradaa’como os meninos dissem com Bom senso, concordo plenamentee!,
        e sobre uma mulher vulgar sair na rua e receber cantadas e nao gostar, gentii é a lei da semeadura ‘o que vc planta vc colhe’ se vc veste uma roupa vulgar, vc escolheu issu, agora aguentaa!, mas com tudo o respeito assima de tudoo! não é pq ela se veste assim q vc pode desrespeita-lá!.
        E sobre a calça! A famosa discussão sobre as calças’ , olha eu axo uma calça muuuito mais descente que uma saia!concordam?!, intão, e em tudo entra a questão do bom senso e do equilibriio, não é pq vc usa a calça vc tem q vestir uma calça ‘apertadéérrima’ mostrando tudoo, mesma coisa de se estar nuua! intãao é equilíbriio nem de mais nem de menos!
        Sobre brincoos, essa discussão é antigaa, não sou contra, mais tb naum uso(e não me faz nenhuma falta), um brinco não te acrescenta nada, não edifica, então pra qê?!( mais nada contra quem usaa okeey?!).
        MAiis sobre tudo issu quem sou eu pra falar se é pecado ou não, issu não cabe a mim decidiir!

        Eeee DUARTEE do céu o q issu vc escreveeu?!( Meu fii vc vai se queima com essa mulheradaa akÊ! HSUAHSA’ )

        “Nós só queremos levar vocês de volta ao lugar do qual jamais deveriam ter saído, ou seja, o lugar de uma mulher de verdade: o lar e a dedicação à família. ”

        (esse comentáriio foi toscoo) _ Intão, 1ª -Por favoor não generaliz as mulheres, lembre – ‘ HÁ MULHERES E MULHERES’ okey?!, 2º Uma mulher q trablha estuda,etc, não pode cuidar do lar e se dedicar a familiia?! e por issu ela não é uma mulher de verdadee?!
        AFFF’ kkkkk!

        Sobre na convenção láá ki a maioria dos pastores não concordaram q vale mais uma alma do q a roupa laa e talz…., em parte estão certoos não podemos deixar o mundo entrar dentro da igreja! nós é que temos quer influenciar e não nos deixar ser influenciadoos! Mais lógico tem que ter ensinamentos’ e não doutrina!..

        Bjuus galeriinha!Fikeem tdos com Deus! E lembree-se a obra é de DEUS!

  45. Thiago Neiva Fonseca disse:

    Duarte…

    Pastores adulteram e estorquem a lã das ovelhas sem nenhum peso na consciência! O exterior do homem é reflexo de seu interior! Limpe o interior do copo e o exterior será limpo. Não vejo problema na TV, nem nas roupas, mas no coração daqueles que as utilizam. Parte do coração o mau uso das roupas e da TV. Entende?

    Abraço!

    • Duaarte Henrique disse:

      Agora sim eu concordo com você. A questão é referente ao coração (subjetiva) e não ao valor em si mesmo (Objetivismo).

      Grande Abraço!

  46. Duaarte Henrique disse:

    Grande irmão Lima,

    Obrigado pelo conselho. Concordo com o que você disse, e é sempre bom ouví-lo. Nós vamos tentar começar pela via diplomática, assim como Lutero fez. Todavia, assim como o papa, tenho quase certeza que nossas lideranças não vão ceder. Consequentemente, algumas moças talvez sejam disciplinadas. Só então partiremos para via um pouco mais radical. Mas irmão Lima (lá vamos nós) o texto que você citou em Romanos refere-se ás autoridas civis, não? Veja que depois Paulo até fala de tributos (v. 6). É bem verdade que a bíblia diz: “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas…”Hb 13:17. Mas a bíblia deixa clara quais são as características desses pastores verdadeiros:”Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver”. Hb 13:7. Quer dizer, são pastores que pregam a palavra de Deus, e não ”usos e costumes”. Mas tudo bem, seu conselho foi válido.

    Grande abraço irmão!

  47. Lima disse:

    Xef, Duarte o lider é aquele que consegue levar os liderados à paz. Quando usei Sr. Tal você sabe muito bem porque. Você como um bom calvinista seja um pacificador. Lutero sendo inquirido em Wors, uso o seguinte argumento: “A minha mente está cativa as Escrituras”. Combata-os à luz da Escritura, ai sim vocês terão muitos argumentos. Esse texto também está ligado a autoridades civis, mas pricipalmente eclesiasticas, visto que a palavra ministros no “grego” quer dizer “servos”. Você e outros irmãos são lideres sábios, confio em Deus e na prudência que terão.
    Xef, Graça e Paz.

  48. Fabrício disse:

    caraka minha mae e minha irma nao tem o espirito santo! agente foi pra praia um dia e elas usaram biquini!! coitadas

  49. Simone disse:

    É engraçado ler estas mensagens, apesar de algumas serem um pouco irritantes. A verdade é que o assunto base do artigo é irrelevante para mim, não quero dizer que o Jesus ensinou seja, longe disto, para mim o problema se encontra na Igreja. A igreja tem se tornado em muitos momentos um lugar de opressão. Acho totalmente idiotice alguém ser tirado da comunhão ou ser excluído da Igreja, isto não me parece algo que venha de Jesus, dos seus ensinamentos. Quem, em sã consciência, ousa se levar e fazer algo no lugar de Deus? Se é que a igreja (aquela que vamos todos os domingos) foi Deus que a criou. Existem inúmeras pessoas doentes por causa do nosso lindo santuário, mas quem se importa. Como diz na bíblia, temos que ser cúmplice de tudo o que o nosso pastor (qualquer pessoa a frente da nossa igreja) faz ou deixa de fazer… ou seria apenas obedecer, sem levantar a voz? … ou seria me calar em tudo porque foi Deus que o colocou?… Se alguém entendeu o que eu quis dizer me responda: devo ter medo Deus, sendo Ele que os coloca como autoridade da igreja, e não disser nada quando vejo coisas fora da bíblia sendo pregada no púbico ou digo? Levantamos nossas vozes? Ou simplesmente orar?, Talvez eu possa está complemente errada ou usando a passagens no lugar errado, mas é bom dizer: a fé sem obras é morta. O que falta é força…
    Provalvemente o meu pecado estar em vê que muitas coisas que estão na doutrina da igreja servem mais para dominação do que qualquer outra coisa, há um poder na instituição que não vem de Deus. Por este pensamento, crucifiquem-me se puderem. Perdi meu brilho, perdi minha energia já não me importo com a possibilidade das doutrinas serem levadas a risca, há tanta hipocrisia, que ser levada a cruz já não me causa tanto sofrimento. Podem fazer o que quiserem, mas ninguém me separa do amor de Cristo… isto é o que realmente importa.

    • Eita maninha… Tu fala bem hein?

      Tava faltando esses comentários femininos aqui no blog… Como eu sonhei isso um dia.

      Alguns paradigmas de nossas igrejas são passados de geração em geração. O caso dos dízimos e ofertas são bons exemplos.

      Falar de doutrina é muito complicado. Ainda temos mentes do século passado (e hipócritas) que não mudam. Infelizmente eles ainda estão na liderança das igrejas e acabam emperrando novas idéias. Eu fico imaginando o tanto de almas que foram para o inferno por causa deles… Será que isso vai pesar sobre eles no Juizo Final?

      Publiquei um artigo que fala que no Brasil possui 40 Milhões de desviados. Porque vocês acham esse número tão grande?

      https://mpvida.wordpress.com/2009/07/07/o-brasil-possui-40-milhoes-de-desviados/

      Fuisss

      • Só complementando a pesquisa, 37% dos 40 milhões saiu da igreja por causa do “desencantamento com os membros e pastores”, ou seja:

        – 15 Milhões

        Será que tem encrenca com as doutrinas, usos e costumes?

        Fuiss

  50. Rômulo de Barros disse:

    Simone,

    Você levantou uma questão interessante, a qual será tema de um novo artigo neste blog em breve: a disciplina na igreja.

    2 Co 13:2 “Já o disse anteriormente e torno a dizer, como fiz quando estive presente pela segunda vez; mas, agora, estando ausente, o digo aos que, outrora, pecaram e a todos os mais que, se outra vez for, não os pouparei”.

    Mas, olhe, não se apegue às ignorâncias humanas, o que importa é a sua consciência e a comunhão individual sua com DEUS. Você sobreviverá aos problemas.

  51. Lady disse:

    Olá Pessoas. Tem tempo que não passava por aqui. Mas, esse assunto merece comentário. Principalmente os comentários do Duarte.
    Graças a Deus que meus pais me ensinaram que respeitar as pessoas é uma obrigação minha. Independente de quem seja, do que fazem ou pensam. Por isso, acredito numa coisa: o homem tem a obrigação de respeitar a mulher não por causa da roupa que ela veste, mas por que ela é um ser humano tanto quanto ele e só por isso, merece respeito.
    Esse papo de vir falar que “por estar vestida de maneira vulgar o homem tem o direito de desrespeita-la” é pensamento machista e arcaico que tinha lugar no tempo em que a sociedade via a mulher como um objeto sexual. Desprovida de qualquer dignidade humana.
    Felizmente, e em parte, graças a algumas feministas que tiveram coragem de ir a luta, hoje a mulher ganhou espaço e liberdade para, dentre outras coisas, vestir-se da forma que entender ser a correta.
    Portanto, meus caros irmãos em Cristo, que Deus ilumine suas mentes e corações de modo que não tenham como critério de respeito a roupa que as pessas/mulheres vestem, mas o fato de que, acima de qualquer coisas, são seres humanos criados e amados por Deus.

  52. Fabrício disse:

    Ronaldo..

  53. Duarte Henrique disse:

    Valha-me Deus…

    Será que só os homens entendem o que eu falo aqui? Eu não disse que o homem tem direito de desrespeitar a mulher grande Lady. EU MESMO JAMAIS FIZ ISSO NA VIDA (e olha que já convivi com muita mulher assim). Eu só estabeleci um nexo de causalidade (uma tese) entre a roupa e o respeito que a mulher empiricamente vai atrair para si. SERÁ QUE É TÃO DIFÍCIL VOCÊS, MULHERES, ENTENDEREM QUE O RESPEITO QUE DESEJAM OBTER COMEÇA PELA FORMA COMO SE VESTEM!? O QUE TEM DE COMPLEXO EM ENTENDER ISSO…? A DIFICULDADE DE VOCÊS ENTENDEREM ISSO ESTÁ ME IMPRESSIONANDO!…

    ABRAÇOS, INCLUSIVE PARA AS MAIS EXALTADINHAS.

    PS: NÃO SE PREOCUPEM, NO FUNDO, VOCÊS VÃO SE VESTIR DA FORMA QUE O MARIDO DE VOCÊS DEIXAREM…

    • Rapaz… Esse assunto quanto mais mexe mais fede!!!

      Vitrola galera, vitrola… Hein??? hehehehe

      Vitrolaaaaaaaaaaa

    • Simone disse:

      Eita Duarte, você gosta, hein?!
      Ainda bem que já conheço suas intenções.

    • Karol disse:

      Duarte…

      vc sabe que em muitas coisas eu concordo com vc, mas neste post as mulheres estão caindo matandooooo em cima de vc e com toda a razão!!!

      Uma coisa que eu percebo que tem sido o seu erro é GENERALIZAR!!

      Como por exemplo: “O RESPEITO QUE DESEJAM OBTER COMEÇA PELA FORMA COMO SE VESTEM!?”

      Me diga então vc… que vestimenta uma mulher deveria usar para obter o SEU respeito!?!?

  54. Rômulo de Barros disse:

    Ê Duarte, tá cutucando onças com vara curta!!!!

  55. Simone disse:

    E Viva a Universidade

  56. Fabrício disse:

    Viva o dia da consciencia negra

  57. Karol disse:

    UAUUUUU….

    tô muito sem tempo, por isso to atrassadíssima nos meus posts… mas 90 comentários no artigo do mais novo integrante dos blogueiros dessa mocidade eu tinha que vir dar o ar da graça aqui!!!! kkkkk

    MUITA coisa que foi dita eu não concordo, MUITA coisa que foi mal interpretada, MUITA coisa que eu imaginei que a pessoa falou de brincadeira pq não tinha lógica e o principal MUITA coisa eu não li por que tava muito grande!!!

    O principal:
    Como é ai Thiago? Uma mulher que tenha o “Espírito Santo de fato” não usaria biquini?!

    Como assim???
    Então vc vem me falar que Deus olha as vestimentas?!!?
    Eu para ser cheia do Espírito eu vou a praia de calça e blusa de manga??
    Pq se eu uso biquini o Espírito Santo que está em mim não é o de “fato”??
    É o que então!?!?

    Calma ai… vc vem me falar se Jesus viesse no Brasil esse ano em plenas férias na praia ele ia mandar todas as mulheres pro inferno??? (exagerei na comparação aqui)!!

    Me desculpe, mas esse comentário foi no minímo mal formulado, e não há base para o que vc diz, e nem como me convencer ao contrário!!!!

  58. Karol disse:

    Vamos agora a minha opinião…

    Deus olha o coração (fato!)
    Seja de uma mulher que se cobre dos pés a cabeça, seja de uma mulher que use calça, short ou biquini. Seja de um homem que use o antigo chapéu, terno e gravata ou seja um homem que vai pro futebol de bermuda e sem camisa!!

    Mas… acredito que tanto homens e mulheres com o passar do tempo, foi percebendo que os costumes da igreja (calça, brincos e etc) eram apenas algo usado para diferenciarmos do outros (só pode!)

    Me diz que nenhuma mulher cortava o cabelo antigamente?! Essas coisas impostas só serviram para afastar o homem (e mulher) de Deus! Quantas pessoas foram excluídas? Quantas pessoas se afastaram de Deus pois se achava o maior de todos os pecadores?!!?

    Infelizmente a gente observa que isso tem uma grande importância nas vidas das pessoas… Vcs percebem que as igrejas atualmente se diferenciam pelas vestimentas?!?

    Tipo aquela igreja pode tudo, aquela é rígida nem calça pode usar… São pequenas coisas usadas pra nos prender!!!

    Não acho que as mulheres são vulgares, eu acho que muito da tradição que existia, acabou. Não se pode levar em comparação o que era vivenciado na igreja anos atrás!

    Abraços!!

    • Rômulo de Barros disse:

      Nossa, Karol!

      Falou bem, parabéns!

      Também acho que os rigores superficiais servem para afastar o homem de Deus, como Paulo fala da lei num certo momento (ixi, lá vem os téologos pegar no meu pé).

    • Lady disse:

      é isso ai, Karol. Mandou bem!!!

  59. Fabrício disse:

    viva a globalização

  60. Simone disse:

    rsrsr viva o praia quente

  61. Simone disse:

    viva a praia quente

  62. Rômulo de Barros disse:

    Viva à sociedade alternativa, rs…

  63. Fabrício disse:

    viva o aquecimento global

  64. Viva o comentário número 100… yesssssssss

  65. Tamiris Tavares disse:

    Olá pessoas!!
    Primeiro gostaria de parabenizar o post, mt legal a idéai!!!! o único problema está sendo a interpretação!!!!

    Achei mt legal alguns comentário, como da Cris, Karol e Simone…… e outros principalmente da parte masculina HORRÍVEIS!!!!

    Bom, entendo o lado do Duarte e o nosso lado!!
    Hoje mts coisas mudaram. Quando minha mãe aceitou Jesus ela não podia nem passar em frente ao cinema e que ja estava sendo discipulada! Não podia cortar o cabelo e tudo mais…..
    No meu entender a maneira “cristã” de se vestir hj depende mt da pessoa cm Deus! Algumas irmãs não vestem calça pq não se sentem bem. Eu conheço irmãs assim!
    O que eu sempre vou levar comigo é que: se eu me sentir bem, se o Espírito Santo não me incomodar com o tipo de roupa que eu estou usando eu usarei!
    A verdade é que algumas pessoas aproveitam essa “liberdade” para ousarem!

    Então meninas/mulheres deixo minha opinião para vcs, defendendo na medida do possível que: podemos sim colocar qq roupa, mas tudo moderadamente. Pq somos templo do Espírito Santo, e devemos cuidar da maneira mais linda. Tenho certeza de que o Espírito Santo, que está em nós, se incomodar cm alguns tipos de roupa(o que já aconteceu comigo) mudaremos e faremos o que lhe convém!

    ÁS VEZES O QUE É CERTO PRA MIM PODE SER ERRADO PRA ALGUÉM!!!!

    bjs

    • Rômulo de Barros disse:

      É Tamiris, e você, juntamente com alguns anteriormente, tocou num ponto que vamos debater em breve aqui: a consciência! Ela é servir de parâmetro (para qualquer coisa, e não só roupa)?

    • Roberto Cantanhede disse:

      Ah não Tamiris! Relativismo??

  66. Karol disse:

    Dáriooo….
    eu acho que deveríamos subir esse post,
    pois eu ainda desejo receber algumas respostas!!!

    O que vc acha!?

  67. Fabrício disse:

    viva o fabricio e a karineee

  68. Rafael disse:

    550 Km, 550 Km, pare um pouquinho, descanse um pouquinho, 550 Km…

  69. Duarte Henrique disse:

    Fala aí gente, Beleza? Espero que sim.

    Essa resposta é para pergunta feita pela Karolzinha (como você acha que uma mulher pode se vestir decentemente), e para quem mais quiser saber como uma mulher pode se vestir de modo elegante. Será uma mulher respeitada em qualquer lugar que for.

    Abraços!

    O link abaixo mostra a roupa. Clique para ver completa, ou passe o mouse em cima do link para ver parte da roupa:

    Para as que são mais liberais:

    • Simone disse:

      Isto está errado…. ela ainda vai conseguir enxergar.

    • Simone disse:

      hummm tive uma idéia super inovadora para combinar com a roupa, seria bacana se fossemos todas mutiladas…

    • Karol disse:

      Eu fiz a pergunta a vc… que não me respondeu seriamente e ainda quero uma resposta!!! Mas se algum dos outros meninos quiserem responder fiquem a vontade!!!

      Pra ajudar não precisa ser necessariamente uma roupa que passe respeito, pode ser como vc deixaria sua esposa se vestir, já que vamos nos vetir de acordo a vontade de nossos esposos!!!!

    • Estevam disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Esse Duarte é muito doido

  70. Karol disse:

    Mulherada que veio aqui e reinvidicou tudo que podia, o que não podia!!

    Vamos juntar… e fazer um post falando mal de várias coisas que os meninos gostam e para começar “o famoso futebol” !!

    Vamos ver se eles conseguem provar que é algo bom para os cristão…

    • Fica a vontade para falar de nosso futebol Karol… hehehehehe Aposto que os meninos não vão levar a sério como vocês heheeh

    • Simone disse:

      Karolzinha,

      Temos que pensar em outra coisa…. esse tipo de diversão é o que nos falta.

    • Roberto Cantanhede disse:

      Karol esquece que tem os rebeldes que não jogam bola… tsc tsc tsc

    • Simone disse:

      Mas uma fuga ao tema, com tantos outros…

      Karol pensei em algo…..

      Poderíamos discutir o quanto os homens são um bando de frouxo. Ficam aí dizendo que são homens de verdade e blalblalblalblalba, mas…. Senta que lá vem a história. Eu consigo compreendê-los porque tudo isso já está tão enraizado que fica mais difícil de mudar. Tudo começou com o Adão, o primeiro covarde da face da terra, aquele homem frouxo, o grande cabeça… Aquele diálogo com Deus fica martelando na minha cabeça. Depois que ele e a Eva comeram do fruto da árvore da vida, Deus procurou por Adão (o Cabeça). Adão onde estás???????? Ele responde: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me. Deus perguntou: Quem te mostrou que estavas nu? Vemos então a covardia de Adão… Ohh meu Deus, foi aquela baranga que tu me desde…iiih não, não, não acho que estou enganada, ele não é covarde… ele só precisava de um escudo, tadinho. Estou pensando em outra coisa, e se Adão não sabia que o fruto que Eva comeu e deu a ele era o fruto proibido? Ele era inocente, ele era inocente. A culpa é toda nossa. Deus poderia ter criado só Adão, talvez o mundo fosse melhor!… Nunca vi tamanha covardia, e para quem pensa que só foi Adão, está completamente enganado, temos outros exemplos dentro da bíblia e bem aí em alguns comentários acima, ninguém nem percebe… “Não estamos fugindo da nossa responsabilidade, é só para irritar” diriam alguns. Querem ser a cabeça para que, se são tão covardes? Ou ser a cabeça se resume apenas em dar o sustendo financeiro para família. Se eu estou completamente errada, e vocês não são covardes, então porque não deixam este comportamento do tempo em que nós estávamos no ensino básico (lá pela primeira série), quando vocês gostavam de nós (menininhas), mas só o que conseguiam fazer era ficar puxando nossos cabelos. Acordem que o tempo já passou, vocês precisam amadurecer. Se a sociedade está em crise, e vocês consideram que isto é sério, temos que buscar um modo inteligente de resolver. Não sejam presunçosos achando que conhecem a outra parte. E nem se limitem a pensar que TUDO estaria resolvido se as mulheres não trabalhassem, isto é mente pequena demais. Se o assunto é complexo, não podemos ficar na superficialidade. E por favor, se vão responder a este comentário, reflitam antes.

      Karol, a sorte está lançada… vamos ver o quanto eles são inteligentes.

      • Duarte,

        Cadê o artigo? O Rômulo vai endoidar aqui meu amigo… Se este artigo não sair logo o pessoal vai pensar que é perseguição com as meninas…

        Simone, minha irmã…

        O que você falou não é nenhuma novidade para os homens que estão debatendo aqui. É a mais pura verdade sobre nós.

        Mas sobre o Adão eu não jogaria a culpa sobre o homem literalmente. É do ser humano tentar jogar a culpa em alguém e nunca tomar a responsabilidade para si. Ali já demonstrava a natureza pecaminosa que o Adão tinha acabado de assumir.

        Colocando uma lenhazinha na fogueira, vocês não acham que o Adão foi mais homem em comer o fruto junto com a Eva e depois ser expulso junto com ela? Não foi uma prova de amor?

        Olha só comentário que fizeram em um artigo sobre casamento:

        “Dizem que a maior prova do amor de Adão por Eva, foi o fato de contra a sua própria consciência, ele ter que se decidir a comer o fruto oferecido carinhosamente por ela, sabendo de antemão, que assim o fazendo iria ser expulso do Éden.

        Adão poderia ter ficado só no Jardim do Éden, e deixado Eva à própria sorte. Mas amor tem dessas coisas:

        “Preferiu sair com a sua amada Costela pelo mundo afora, a ficar sozinho sem o calor do corpo da adorada pecadora a lhe esquentar as noites frias do Éden. (rsrsrs)”

        Leiam o artigo sobre casamento e amor:

        http://consideracoesacercadavida.blogspot.com/2009/11/sobre-casamento-e-amor.html

        Bom, como outros artigos que já foram postados aqui e os comentários que foram colocados, em nenhum momento foi jogado a culpa (deste mundo estar tão perverso) toda em vocês.

        Por enquanto só foi apontado uma das causas dessa catástrofe chamada “Sociedade”.

        Desarmemos para debatermos melhor.

        Fuis

        • Simone disse:

          Irmãozinho, já pedir desculpa ao Rômulo por ter comentado algo que não tem haver com o artigo, por isso não vou comentar a sua resposta aqui. Podemos ir lá para aquele lixo de artigo que colocaram no blog do Adoração sem Limite.

        • Karol disse:

          Dáriooo…

          pena que estamos fugindo do tema mas não concordo cm você nesta parte:

          Dizem que a maior prova do amor de Adão por Eva, foi o fato de contra a sua própria consciência, ele ter que se decidir a comer o fruto oferecido carinhosamente por ela, sabendo de antemão, que assim o fazendo iria ser expulso do Éden.

          Se fosse prova de amor ele não teria a acusado, e e outra ele não sabia que seria expulso!!!

          ;D

          depois os grandes escritores deste blog pode fazer um post e assim vamos comentar….

          mas como o Surubim já disse.. kd o sai da tocaaaa???

          • Boa argumentação…

            Realmente, o Adão jogar a culpa na Eva não é prova de amor… Uma atitude boa anula uma ruim. Mas não dá pra afirmar que ele sabia que ia ser expulso nem o contrário.

            Vamos chegar a um concenso: A culpa é de Eva e Adão… Pronto!

            Uma verdade tem que ser dita: Não é de hoje que o homem (homens e mulheres) foge de suas responsabilidades.

            Com quem será que os políticos aprenderam a mentir tão bem? Com quem eles aprenderam se defender atacando? hehehehe

            Fuis

          • Karol disse:

            Concordo que a culpa seja dos 2…
            afinal cada um é responável por seus atos!!
            a serpente enganou Eva…
            mas Eva foi na ignorância que persuadiu Adão e ele poderia ter negado!!!

            Cada um com seus erros…

            agora não vem me falar que Adão foi um héroi e tudo que ele queria fazer no íntimo, lá no fundinho do coração era uma enorme prova de amor!!!

      • Karol disse:

        Amigaaa…

        concordo em algumas coisas aí… mas vc foi muito radical e assusta os meninos.. kkkk

        vamos ver os próximos post e discutir sobre isso!!!

  71. Suruuufly disse:

    kkkkkkkkkddddddddddd o SAiiiii DAaaaa TooooocCcaaaaaaa
    esse Darin é muito enroladooooooo

  72. Fabrício disse:

    A onicofagia é o termo médico para se designar o acto de roer as unhas. É um sintoma de uma perturbação, uma manifestação comportamental de um mal-estar psíquico.
    Por vezes as unhas são ruídas até á base, não sendo este hábito frequente antes dos 4 a 5 anos, surgindo mais na idade da puberdade, prolongando-se-se até á maturidade.
    Este hábito pode ser considerado uma perturbação de comportamento, por vezes temporâneo e ligado a uma fase do desenvolvimento. No adulto este comportamento não é só considerado como um mau hábito mas como um sintoma de desenvolvimento nevrótico sobre uma base ansiosa.

    Causas:
    · Uma perturbação persistente do ambiente familiar, tenções entre as crianças e os pais, podem levá-la a roer as unhas ou a chuchar no dedo;
    · As crianças muito expansivas que são muito controladas pelos pais muitas vezes roem as unhas;
    · As crianças solicitadas ou regradas compensam a impossibilidade de exteriorizar os próprios sentimentos roendo as unhas;
    · Este comportamento também pode ser devido a uma cólera reprimida, dirigida não contra os outros mas sim contra si mesmo;
    · O facto de roer as unhas até sangrarem pode ser considerada uma forma se masoquismo;
    · Está ligado a uma forma de insegurança em relação aos outros;
    · Nervosismo e tensão também são causas para este comportamento.

  73. Rômulo de Barros disse:

    Acho interessante o quanto desviamos do foco nesse artigo.

    O objetivo empregado foi discutir as regras de usos e costumes (roupas) da nossa denominação: isso quanto a mulheres e quanto a homens. E trata-se de um assunto premente, necessário à discussão e à mudança de pensamento d aliderança eclesiástica.

    No fim, a velha guerra silenciosa entre homem e mulher vem à tona. Mas é estranho… Porque a batalha aqui travada já foi superada na sociedade. A mulher já conseguiu a sua independência – a meu ver correta e merecida.

    Será que o pensamento assembleiano é retrógado quanto à mulher?

    Voltemos à polêmica criada nas discussões. Sensualidade da roupa feminina. Eu não acho legal uma mulher q expõe sua volúpia, não me sinto à vontade. Porém, amigos, a mudança desse quadro não é responsabilidade feminina, é de todos, pois todos, principalmente os homens, ditaram essa moda.

    Quanto ao que a Simone levantou. Para quem acha que a mulher deva voltar ao status Amélia e ficar em prol da família, pergunte às antigas se são felizes com isso? A mulher merece a liberdade de escolher. Não será desmerecida se opinar por cuidar de seus filhos, e também se escolher sair à rua tb. Concordo com a Simone quando ela noa acusa da nossa prepotência em afirmarmos que conhecermos a mulher – que grande mentira!

    Jesus quer mulheres que participem! Ao invés de repreender Maria que participava da reunião, ele aconselhou Marta a fazê-lo também. Marta, a “Amélia” que se preocupou com a limpeza e a arrumação e esqueceu do melhor.

  74. Fabrício disse:

    oxi será que tem comentarios tao ruins ao ponto de apagar??
    paia

  75. Joabson_Carlos disse:

    Viva os comentários “paias” que fogem do tema…!!!!

    heheheheheheh – rrrrsssssss e mais rssssss

    Abraço galera…

    Bela discussão…

  76. Rafael disse:

    Vai apagar é???
    Vai apagar é???
    Apaga não…
    Apaga não…
    Qué mais não!
    Qué mais não!

  77. Fabrício disse:

    entao vamu apagaaaaaaaa!!!!
    isso fará TODA a diferença no debate..
    kkkkk
    ae romulito esse já deu..
    posta outro bem polemico aí pra nóisSsS

  78. Surufly disse:

    Tem neguinho aqui com medo da mulherada heimmm!!!!!!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Quanto mais “leza” mais facil de dominar nè???!!!!

    Ta parecendo politico, dando um paozinho com leite
    Enquanto os “bonitôes” comem caviar o resto que se vire pra alimentar suas lombrigas!!!!!!!!!(sem referencia aos politicos das igrejas).kkkkkkkk

    No fim de ano agora as mulheres dos “caras” aqui vao ganhar, Fogão novo,Geladeira nova, panelas que nao precisam ariar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  79. Rômulo de Barros disse:

    Que isso! Não vou apagar nada não! hahahaha!

  80. Karol disse:

    Como o Fabrício já deu…
    vamos a próxima polêmica!!

    Aliás, vcs tem muito que falar das mulheres ainda né!?!?

    Beiiiijo, xauuuu!!

  81. Thayse Portela disse:

    Oiii Pessoal!!

    Vim marcar minha participação, mas à essa altura do campeonato só dá pra dizer que..

    Jah que o assunto é mulher* – não esqueçam, meninas: Sabado agora temos um Encontro marcado!
    rsrs.

    – Parabéns pelo Post, Rômulo! Rendeu pano pra uma camisa inteira. rs

    Abraçãoo p todos.

  82. Rômulo de Barros disse:

    UM DOCE ÀS MINHAS AMIGUINHAS:

    “Levando um jovem a um sábio, disseram-lhe: ‘Aqui está um rapaz a quem as mulheres estão em via de corromper’. O sábio abanou a cabeça, sorriu e disse: ‘são os homens que corrompem as mulheres! E todas as falhas da mulher devem ser expiadas pelo homem e corrigidas por eles: pois é o homem que cria a imagem da mulher e a mulher se modela conforme essa imagem’. Um daqueles que ali estava, disse: ‘és demasiado benevolente para com as mulheres, não as conheces!’. Ao que o sábio respondeu: ‘o gênero do homem é a vontade, o da mulher a docilidade… tal é a lei dos sexos, pois! Uma dura lei para a mulher! Todos os humanos estão inocentes da sua existência, mas as mulheres são duplamente inocentes: quem será, portanto, capaz de ter para com elas suficiente doçura e brandura?’. Outro alguém respondeu: ‘que temos nós com a brandura? Que temos nós com a doçura? É necessário educar as mulheres!’. ‘Mais vale educar os homens’, disse o sábio e fez sinal ao jovem para que o seguisse. Mas o jovem não o seguiu.”

    (NIETZSCHE, Friedrich. A Gaia Ciência. Martin Claret: São Paulo, 2004. pp. 75-76).

  83. Simone disse:

    Rômulo,

    Desculpa se não te elogei antes. Você é muito sensato, não cria uma órbita em torno de si e não é somente por este último comentário. Você é o único que consegue ir mais fundo do que todos os outros meninos e com certeza você não se encaixa no que eu falei antes.

    Pensando no texto que você colocou, eu não posso desconsiderar a parte de responsabilidade que cada mulher tem sobre seus próprios atos. Mas o texto é perfeito para tentar abrir os olhos de muitos que não enxergam um palmo na frente do nariz.

    Valeu!!

  84. leidyane disse:

    Olá queridos irmãos!!!

    Fiquei sabendo deste blog e gostei desta discussão, gostei do posicionamento do Duarte em relação as mulheres terem o bom senso, primeiro pq nos somos sensuais naturalmente, por isso temos q vigiar, principalmente na igreja, pois podemos tirar a atenção dos irmãos e isso não é maldade no coração deles não, é só um hormônio chamado testosterona então temos q vigiar na nossa roupa sim mulheres e outra coisa em ralação ao desrespeito, lembro de uma época q gostava de mini saia e posso afirmar q por mais q eu tivesse uma postura de mulher de respeito para os homens não ficarem com piadinhas era inevitável eles jogarem tal piadinhas desrespeitosas.

    E em segundo pq nosso corpo é templo do espírito santo de Deus,portanto nós devemos vigiar não só na igreja,devemos dar testemunho de crentes em todos os lugares não só com atitudes e uma postura de cristão, mas também com vestimentas de cristão tanto mulheres como homens também ,porque os homens também são sensuais naturalmente ai se colocarem, aquela calça ridícula torando (tipo Zezé di Camargo e Luciano) e camisa regata as mulheres vão olha lo não como homem de Deus e sim poxa q corpão o dele…rsrsrs portanto esta escrito na palavra que temos que fugir de toda aparência do mal.
    Se estou numa praia de biquíni e um amigo meu q também é crente estiver de sunguinha qual a diferença aparentemente q teremos dos não cristãos… e se der repente aparecer um endemoniado e eu for pedir para orar por ele , vão rir de mim, se for homem vai falar assim: vai orar o q gostosa…essa piadinha q vou ouvir e envergonhar o povo de Deus. E se for meu amigo q for pedir para orar vão rir do mesmo jeito.

    E em terceiro em relação aos usos e costumes devemos mas uma vez usar o bom senso e perguntar ao espírito de Deus naquele momento se não estamos envergonhando a ele com nossas vestimentas. Não é um brinco ou uma calça ou a televisão q leva nos para o inferno e sim uma calça indecente ou conteúdos impróprios na TV. Em tudo q usarmos ou fizermos temos q ter o temos a deus q é o principio de toda sabedoria , se tivermos o verdadeiro temor iremos querer ser diferente do mundo sal na terra, pois Deus olha o nosso coração mas ele olha também nossas obras pois esta escrito em TIAGO 2-24 : “O homem é justificado pelas obras e não só pela fé.

    E em relação a igreja ser machista por ser comandada por homens , mulheres temos q aceitar o q Deus colocou como lei q o homem é o cabeça e a mulher a calda.Temos inteligência, posições ,poder de decisão,tudo mas debaixo da autoridade q Deus nos impôs se quisermos ser cabeça estamos ferradas porque isso quem impôs não foram os homens foi Deus.
    Um bjaoooo a todos

  85. leidyane disse:

    corrigindo o erro deus colocou o homem como cabeça e a mulher como adjutora. mas ele permanece como cabeça nãaooooooa adiantaaaa
    bjimmm

  86. Simone disse:

    Cuidado, com a desculpa do hormónio testosterona… isto é furada das grandes. Isto abre espaço para o uso generalizado desta desculpa, logo, todos os homens da igreja estariam justificados se olhassem e desejassem uma mulher que esteja usando roupa curta na rua. Até a traição propriamente dita estaria justificada nisto.

  87. leidyane disse:

    Cara irmã Simone,
    Não estou justificando o olhar malicioso dos homens nem a traição deles pelo hormônio porque todos os homens tem este hormônio. Por este motivo temos q vigiar na forma de nos vestir porque até sem maldade o homem OLHA MESMO uma mulher bonita ainda mais se ela estiVer mal vestida agora permanecer o olhar e cobiçar ai já é pecado por isto retomo o que disse TEMOS QUE VIGIAR MULHERES.
    E quem julga o pecado do homem é Deus e nada justifica o homem a pecar. A minha posição aqui é dizer que não importa se é o mais santo ou não homem não deixa de ser homem porque é cristão continua sendo homem mas com temor a Deus,MAS SUJETO A TODAS AS FRAQUEZAS COMO OS NÃO CRISTÃOS.
    Ainda vivemos aqui na terra e não no paraíso, temos q abrir os olhos para a realidade e vigiar.
    bjaoooo

  88. Simone disse:

    Você está falando…

  89. Isabel disse:

    Mateus 5:29.

  90. pedro viana filho disse:

    meus amados irmaos que a paz de nosso Senhor Jesus esteja em vossos coracoes! hoje em dia vivemos os ultimos momentos finais da igreja na face da terra e tem uma moda que anda circulando no meio de nossas igreja que é a moda do achismo ou seja eu acho que pode , eu acho que nao pode tal coisa , mas vejamos a luz da palavra de Deus. a Biblia nos fala que sejamos santos assim como ElE é, disse isto o próprio Senhor, disse o apstolo Paulo para sermor seus imitadores assim como ele é de Cristo. entao se paulo sendo homem natural convenhamos pelo menos ser um pouco igual ao apostolo! a boblia nos fala também que para nos nao nos conformarmos com este mundo mas para tranformar-mos na renovacao do nosso espirito, a biblia nos fala que O NOSSO CORPO , A NOSSA ALMA , O NOSSO ESPIRITO SEJAM IRREPRIENCIVEIS PARA A VINDA DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. se eu citar varios versiculos da biblia sei que nao caberiam neste comentario mas pesso que Deus ilumine os vossos coracoes e que possamos chegar ao ceu de gloria juntos e amém… maranata a todos.

  91. samuel silva disse:

    TENHO PLENA CONVICÇÃO QUE DEUS NÃO PUNIRIA ALGUÉM POR USAR TRAJES OPOSTOS AO COSTUME DA IGREJA PARA TRABALHAR OU IR´À ESCOLA, MAS A PAULO IMPUTOU UM COSTUME PARA AS MULHERES PERTENCENTES AOS GENTIOS, QUE SE ELAS CORTAM OU TOSQUIAM A CABEÇA QUE O VÉU. CABE CADA UM DECIDIR QUE CAMINHO TOMAR ,POIS O QUE NÃO É FEITO COM FÉ E´PECADO.E QUE CADA UM PERMANESÇA NA FÉ QUE FOI CHAMADO E TODOS NÓS DEVEMOS SER COMPREENCIVOS COM AQUELES QUE SÃO FRACOPS NA FÉ OU NÃO ENTENDE MUITO BEM A PALAVRA DE DEUS OU QUE ATÉ NÃOM DEIXOU O ESPÍRITO SANTHO LHES MOSTRAR A VERDADE SOBRE OS MISTÉRIOS DA BÍBLIA.
    DEUS ABENÇOE…

  92. daniel disse:

    o problema do ser humano é sempre colocar o “achismo” como doutrina humana. A palavra de Deus nos ensina que devemos ser santos – separado. Separação do pecado, das coisas que ele oferece.
    É uma opção individual, mas naquele dia “do arrebatamento” creio que todas estas pessoas que distorcem a palavra de Deus em prol de suas vaidades, desejos, nao tenham que correr atras do oleo como as virgens loucas.
    a PAZ

  93. Wellington Nogueira disse:

    Com certeza, a bíblia ensina-nos que somos santos.Mas o que é ser santo?Essa é grande questão.O que por muitas vezes passaram para nós é que santidade é uma vida sem pecado, mas isso é mentira.Somos salvos em Cristo, porém ainda somos pecadores, cometemos pecado.Não que sejamos escravos do pecado, mas ainda a nossa natureza é pecaminosa.O reformador alemão Martinho Lutero dizia: “somos santos e pecadores ao mesmo tempo”.Então, o que é ser santo?O santo é aquele que foi separado por Deus.e nesse ponto a igreja de Corínto, que tinha uma vida porca, foi chamada por Paulo de santa (I Co 1:1).Não estou dizendo a termos uma vida dissoluta, mas existe muito besteira sendo dita em nome de Deus por amor aos usos e costumes e não a Deus.Legalismo puro.Ainda gostaria de falar que o sábio escritor do livro de Eclesiástes disse “que tudo debaixo do céu é vaidade”. e não deixar de usar os costumes da denminação.Irmãos, por favor, examinemos o que é santidade.Vejam todos os escritos de Paulo, Pedro, Tiago e Joâo e tentem ver se eles falam de roupa, batton, calça, saia e etc…
    Um grande abraço a todos.Soli Deo Glorie.

  94. Rafaella Leão disse:

    Queridos, entendo que ser “santo” é ser “separado” e essa santidade trata-se de um processo!
    Ninguém que se converte e torna-se santo de uma hora pra outra! Como falei anteriormente, é um processo que pode durar meses, anos…e em alguns casos, até a vida toda, visto que cada indivíduo possui suas peculiaridades! Mulheres, ouçamos e e nos vistamos conforme o desejo do coração do Pai, pois acredito que ele ele não quer que nos vistamos de maneira vulgar e que o envergonhemos! Ser santo é morrer pra nós mesmos e viver para Deus, conforme o Seu querer! Beijos a todos!

    Shalom!!!

    Rafa =*

  95. Luiz Neto disse:

    A Paz do Senhor a todos !
    1º – Segundo o relato de quem postou, a “estória” não é verdídica pois estórias, segundo a Ortografia da Língua Portuguesa é algo inverídico ;
    2º – O que percebo aqui também é que, muitos dos que postam comentários, são filhos(as) ou netos(as) de crentes em Jesus Cristo que o servem numa Assembléia de Deus e que não teem coragem de sairem e congregarem em outra Denominação (o que mais tem na cidade é Igreja !)e querem que a AD, em linhas gerais, se adequem a eles e não eles se adequarem à Igreja. Enquanto vivermos aqui na terra, a Igreja do Senhor (que NÃO É uma Denominação) ela irá possuir 2 características : A de Organismo Vivo(OV) e a de Organização Humana(OH). Como OV, ela NÃO NECESSITA de templos físicos, nem de bancos, nem de áudio e/ou vídeo, nem de CNPJ, nem de nada visível. Ela é o Corpo místico de Cristo, a Noiva do Cordeiro e é composta pelos crentes em Jesus Cristo que o aceitaram como Senhor e Salvador e o aguardam. Já a Igreja como OH, ela necessita se organizar com CNPJ, com registros, organizações, pessoas, patrimônios em geral enfim, como Organização na terra e como Organização terrena, ela possui seu Regimento Interno e também sua visão em relação a Doutrina Bíblica e também a Usos e Costumes. As AD’s, no limiar de seus 100 anos, não pode e nem deve se colocar melhor do que outra porém, ela também não e obrigada a imitar outras. Quem não tiver satisfeito, que saia ! É muito mais sincero e agradável. E depois : Em quase 100 anos, apesar do que muitos chamam de “arrocho, exigências, radicalismos”, com tudo isso, DEUS a usou para ganhar muitos homossexuais, lésbicas, traficantes, assassinos, viciados enfim, ganhar pessoas que a sociedade não dava um centavo de valor, e hoje são pessoas dignas, restauradas espiritual e socialmente. Os Pastores e líderes desta Igreja não precisam fazer nada diferente do que os Pioneiros da Fé Pentecostal no Brasil fizeram : Viveram e pregaram o Evangelho de JESUS CRISTO genuíno (Mc.16:15), com muito Amor, coragem e humildade. Os resultados estão aí, prá glória de Deus.

    • Roberto Cantanhede disse:

      Tenho dúvidas se isso pede uma matéria a parte, do tipo “Permanecer e mudar a OH ou sair e aceitar a OH?”
      A diferença da AD para as outras é que não há meios formais de mudar as coisas, pois muito pouco está escrito, se algo estiver. Aceitar pura e simplesmente as tradições nos faria tão pagãos quanto os adoradores do Sol Invicto da Roma antiga. Se há algo não bíblico, deve ser questionado se não aceitamo-nos como hereges, e isso não dá.

    • Rômulo de Barros disse:

      Amigo,
      Quanto ao 1º: você acertou, é isso mesmo. Trata-se de uma “estória”, e o termo foi empregado de forma clara. Figura como uma anedota criticando a visão de alguns que dão primazia a dogmas em detrimento da misericórdia.

      Quanto ao 2º: não concordo quando diz: “Quem não estiver satisfeito, que saia!”. Isso não condiz com o evangelho de Cristo. Esse não julga a ninguém e recebe no Reino de Deus uma prostituta que desrespeitou a lei e a santidade. Sistemas humanos devem ser discutidos e repensados, como o fez o Mestre com fariseus, saduceus, sumos sacerdotes etc etc etc. Por fim, pense nisso: razão não se prova com tradição e com tempo; se prova com argumentos bíblicos.

      Respeito tudo o que diz, e defenderei o seu direito de dizê-lo. Todavia, não me obrigues a aceitá-lo.

      Um fraterno abraço.

  96. taynah disse:

    bom, acho que o melhor a se fazer é liberar o uso das calças, afinal o certo em uma coisa dessas é a mulher se vestir com ordem e decencia se ela estiver desta maneira qual o problema

  97. Simone disse:

    Não vejo nenhuma mal em usar calça ou brinco.Mas qd trata se da veste é necessário uma certa vigilancia da parte da mulher,nada de decote,transparencia,calça ou vestido desenhando o corpo,saia muito curta ou rachada,calça ou saia de cintura baixa.Portanto deve se observar esses detalhes mesmo porque diz a palavra q não devemos expor a nossa nuduz e q a mulher deve se vestir com trajo honesto, com pudor e modestia.Mas infelizmente esta acontecendo ao contrário.É necessário q as irmãs venham vigiar nesse aspecto!!!

  98. Pr.Marcelo Santos disse:

    Isso e questão muito seria,por isso a descência e ordem deve ser mantinda acima de tudo nas igrejas.

  99. ACESSE O BLOG: http://sidonemeditandonapalavra.blogspot.com/
    LEIA A MATERIA: O uso e costume nas Assembléias de Deus hoje

  100. pr cristiano disse:

    fala serio. eu não entendo sera que os cristãos primitivos estavam errados? quanto a uma postura de comportamento? sera que os cristãos da presente era estão coberto de razão?
    pois o que vejo nisso é que os cristãos da presente era estão fazendo pouco caso dos sacrifícios que fizeram nossos antepassados pois que valor teve o sacrifício de pedro ao ser crucificado de cabeça para baixo ou paulo que teve sua cabeça decepada ou Tiago que foi decapitado.
    olhamos com mais diligencia para a palavra de Deus para obedecer e não questionar quanto mais que se aproxima o dia do senhor.
    muitos só estão querendo se aparecer na mídia e ser amigo do mundo
    esquecem do que Jesus disse; se alguém quer vir após mim negue-se a si mesmo e toma a sua cruz e siga-me tomar a cruz e renunciar seus desejos pessoais e egoísta e fazer a vontade de Deus.
    vede o que a palavra diz: o que quer ser amigo do mundo constituem-se inimigos de Deus. de quem vc quer ser amigo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s