EDB 14.03.10 – Buscando o Arrependimento.

Publicado: 13/03/2010 por Duarte Henrique em Avisos, Devocionais, Notícias
Tags:, ,

Olá meus amigos! Como têm passado? Espero que bem.

Estou passando por aqui a fim de convidá-los para nossa EBD domingo agora, 14/03.  Dessa vez, coube a mim a tarefa de compartilhar o assunto com vocês na sala dos jovens. Digo sem nenhuma falsa modéstia, não se tratar de uma aula, mas de um colóquio. Mesmo porque, o assunto gera mais perguntas do que respostas.  Deixo algumas dessas perguntas aqui com vocês, para que já possam ir refletindo.

O que é arrependimento dentro da visão cristã? É um ato? Uma busca?  É produto de ação humana? Ação Divina?

Existe alguma diferença entre remorso e arrependimento?

Alguém que pede perdão sempre pelos mesmos pecados, com sinceridade, se arrependeu de verdade? É hipócrita? O que é arrepender-se dos pecados?

Quem se arrepende abandona o pecado definitivamente? Ou o evita, mas ainda assim acaba pecando?

Aguardo vocês lá, se Deus quiser. De minha parte, não esperem respostas categóricas sobre esse assunto, apenas hipóteses… Quem quiser fazer juízos cabais,  fique à vontade…

Errar é humano, cometer o mesmo erro é mais humano ainda negligência…

Receba nossas atualizações através do Twitter (@MPVidaTV) ou por email através da opção “Atualizações por Email”, no canto superior direito.

Abraços!

Anúncios
comentários
  1. Josué Flausino disse:

    Grande Pr Duarte, pena que eu não poderei estar na EBD esse domingo, Gosto Muito da palavra do irmão, ainda mais com um tema tão importante. Abraços

  2. Fabrícin disse:

    colóquio???

  3. waldson disse:

    O tema é muito bom…mas muito subjetivo…ja estou ate vendo… VAI SER MUITO MASSA…

  4. waldson disse:

    Como ja havia previsto…. a aula foi MASSA… e MUITO proveitosa… pena que aula tem tempo curto…

  5. Rômulo de Barros disse:

    Bela aula, Mestre Duarte! Além de admirar seu conhecimento, aprecio o seu espírito voltairiano de respeitar as opiniões, sejam quais forem.

    Pertinente ao tema da aula, escrevo aqui um pensamento de NIETZCHE, adaptado opr mim à nossa crença:

    “Caso o instinto Cristão não fosse de alguma maneira mais poderoso do que a consciência, e não desempenhasse, no conjunto, um papel regulador, a humanidade sucumbiria fatalmente sob o peso dos seus juízos equivocados, das suas divagações, da sua frivolidade, da sua credulidade, em uma palavra do seu consciente: ou melhor, há muito tempo que teria deixado de existir não fosse aquele.”

    Como o chefe falou aí em cima: pena o tempo ser curto! Acho que a nossa igreja poderia fomentar mais as reuniões de explanação do conhecimento. Gosto do culto pentecostal, mas acho também importantíssima a disseminação do conhecimento.

    • Duarte Henrique disse:

      Grande Mestre Rômulo,

      É sempre bom compartilharmos juntos o estudo teológico. Ao contrário do que muitos pensam, penso que esse estudo tenha sim reflexos na prática. Nosso assunto de ontem é um exemplo claro do que estou falando. Ora, se Deus é quem provoca o arrependimento, Ele é quem garante a eficácia do mesmo e, portanto, da própria salvação em última análise. Ao revés, se é o homem, ainda que conte com o auxílio do Espírito Santo, que tem que se arrepender, então a salvação também dependerá da vontade do homem, o que para mim é um antropocentrismo equivocado.
      Mas tudo bem, espero sempre poder contar convosco para o meu crescimento espiritual, e ser útil ao vosso!

      Abraços!

      PS: Realmente deveríamos ter mais tempo para o ensino, nossa denominação infelizmente não tem essa tradição. Valoriza mais o “poder”… Outra coisa, citando Nietzsche hein?! Pra mim é difícil ter um posicionamento sobre a obra dele. Às vezes admiro, às vezes repudio… poderíamos fazer um estudo sobre o “Anticristo” algum dia, é um livro interessante.

  6. Rômulo de Barros disse:

    Mas a discussão não acabou…

    Em uma das perguntas explanadas em aula, dizia-se: Como chegamos ao arrependimento? Alguns diziam que o homem é o mentor, outros, que é obra de Deus pelo Espírito.

    O apóstolo Pedro, na histórica pregação após o pentecoste, adverte todos quanto à importância de se reconhecer que Jesus era o Salvador, o mesmo que por eles fora crucificado (At. 2: 14-41).

    Nesse meio surge algo interessante: depois de ouvirem as palavras de Pedro, ficaram aflitos e perguntaram:

    “…Que FAREMOS?” (At 2:37 NVI)

    Pedro responde:

    “…ARREPENDAM-SE, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo.” (At. 2:38 NVI).

    Se eles perguntam ‘o que faremos’, e Pedro os instiga explicitamente a “arrependerem-se’, o homem não tem contribuição para o arrependimento?

    • Duarte Henrique disse:

      Essa questão que você coloca é interessante Rômulo. Veja bem, segundo penso, o fato de que eles tenham chegado ao ponto de fazer essa pergunta à Pedro já foi obra do Espírito Santo. O versículo 37 diz que eles, após ouvirem a mensagem (como ouvirão se não há quem pregue), “compungiram-se em seu coração”. Essa resposta ao evangelho, com tamanha contrição de espírito, só pode ser obra do Espírito Santo. Os demais ouvintes, os que não aceitam, na verdade podem até se impressionar com a mensagem (como fizeram os atenienses com a pregação de Paulo), mas não se sentem atraídos por ela. Tanto é assim, que o apelo de Pedro foi prontamente atendido.

      Mas esse debate é mais amplo, reconheço. Muito em breve teremos um Beréia sobre assunto.

      Abraços!

  7. Para ver como predicavam O arrependimento na igreja primitiva visita.
    http://www.aigrejaprimitiva.com/dicionario/ARREPENDIMENTO.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s