Arquivo de agosto, 2011

Ética Cristã – UFC

Publicado: 30/08/2011 por Duarte Henrique em Devocionais, Reflexão
Tags:, , ,

Saudações guerreiros, como vão na luta contra a carne e o sangue?…

Recentemente os fãs de MMA (Mixed Martial Arts) brasileiros foram agraciados com a vinda do UFC (Ultimate Fighting Championship) ao nosso país. Essa é, sem dúvida alguma, a maior organização desse esporte atualmente existente no mundo.

Mas não quero falar do evento. Por sugestão do Dário, resolvemos abrir uma discussão sobre esse tema. Mais especificamente sobre sua relação com a ética cristã. Particularmente, já venho acompanhado esse esporte já faz alguns anos, desde 2005. Sempre gostei de artes marciais, inclusive pratico uma atualmente. Sempre vi as artes marciais como mais uma das formas de disciplinarmos nosso corpo. Contudo, devido à febre e ao modismo que o MMA está se tornando (alguns falam UFC, mas como visto essa é uma organização, e não a modalidade esportiva) alguns questionamentos éticos vem sendo levantados. Um primeiro problema, em minha opinião, é o MMA estar virando moda, pois tudo que se transforma em moda se degenera… Alguns dizem até que irá superar o futebol em popularidade aqui no Brasil. Acho difícil.

Bom, o principal argumento daqueles que não assistem as lutas é o da violência exacerbada, gratuita mesmo. Dizem, mais refinadamente, que aqueles que gostam desse tipo de evento seriam pessoas sádicas. Outros, mais de chacota, falam acerca da “pegação” que às vezes acontece no octógono entre os lutadores, dizendo ser esse um esporte de gays. Eu não queria estar com um “gay” daqueles no octógono, a pancada deve ser dolorida… Alguns ainda alegam que esse esporte seria coisa do Diabo. Outros tantos sequer consideram isso um esporte, sendo apenas pura violência.

Vejamos. Quanto à violência, tudo o que posso dizer é que ela é inerente não só ao MMA, mas a existência humana como um todo. (mais…)

Acampamento – Rede de Jovens – Min. Kaleo

Publicado: 26/08/2011 por Dário Estevão em Notícias
Tags:,

Música da Minha Banda

Publicado: 25/08/2011 por Duarte Henrique em Músicas, Multimídia
Tags:, ,

Olá pessoal, espero que estejam bem.

Todos nós já passamos por alguma espécie de despedida em nossa vida. Quem ainda não passou, inevitavelmente passará um dia. Não estou sendo pessimista, pois nada é mais inexorável que as despedidas. Afinal, “Todo fim já é um começo, e o começo já é um final”. Muitas vezes temos resistência às mudanças, mas elas fazem parte de nossa existência. Guarde o que for bom, e prossiga em sua jornada, sempre.

Abração!

Despedida

Nunca fui bom em saber quando é o fim

Início e meio são iguais pra mim

Boas lembranças é o que vou levar

E o que foi ruim vou deixar pra lá

Todo fim já é um começo, e o começo já é um final

É assim que a vida faz para se reinventar

Até logo, nos vemos por aí.

Será Dr. Nietzsche?

Publicado: 23/08/2011 por Duarte Henrique em Humor Cristão
Tags:, , ,

É amigão, quem já “reinou” durantes as madrugadas sabe do que estou falando…

Reinvenção…

Publicado: 18/08/2011 por Duarte Henrique em Devocionais, Reflexão
Tags:, , ,

Saudações cordiais meus amigos. Uma vez mais o destino me traz aqui, a fim de compartilharmos um pouco mais sobre nossa complexamente simples existência. Sei que o texto é um pouco longo, mas o assunto é delicado e ainda assim receio ter sido omisso.

Venho passando por uma fase de intensas compreensões em minha vida. Na verdade eu não diria de compreensão, mas tomada de consciência, pois assim que iniciei meus estudos filosóficos logo percebi que algumas coisas estavam erradas em nosso meio

Recentemente tive a grata satisfação de me aprofundar um pouco mais numa pequena obra de Freud, da qual já havia lido trechos e comentários: O Mal Estar Na Civilização. Está disponível na internet. Recomendo altamente a leitura. O livro é riquíssimo em conteúdo. Mas, resumindo de modo bastante grosseiro, a conclusão a que Freud chega é a de que, basicamente, o fator que provocaria o “mal estar” na civilização, ou cultura como preferem alguns, seria a tensão existente entre o instinto de vida, projetado basicamente pela libido e que visa sempre a aglutinação dos homens, e uma espécie de instinto de destruição ou pulsão de morte, que visa sempre a subsistência individual. Lembra um pouco O Discurso Sobre A Origem da Desigualdade de Rousseau em alguns aspectos, além do Leviatã de Hobbes, inclusive mencionado pelo autor.

Não tenho mais espaço para me aprofundar aqui sobre o livro em si, seria necessário um artigo só para isso. Outrossim, o que sempre me causou espécie em leituras como essa, e isso sempre fica claro quando resolvemos nos aprofundar um pouco mais em nossa existência, é o fato de que a padronização que nos é imposta pela cultura e civilização definitivamente não seja algo bom.

Os padrões impostos começam a não se adequar a medida que vamos nos descobrindo. Isso tem uma razão simples, penso eu: Cada um de nós é um ser individual. Portanto, nossos valores e padrões de bem estar e felicidade também devem ser individualmente vividos. (mais…)

Fala Sério Varão TV – A maldita oferta de R$ 911,00

Publicado: 10/08/2011 por falaseriovarao em Avisos

Paz e Graça,

Segue novo vídeo do Canal Fala Sério Varão TV:

 

WWW.FALASERIOVARAO.BLOGSPOT.COM

WWW.YOUTUBE.COM/FALASERIOVARAOTV

Em Cristo,

Thiago N. Fonseca

Existe um quê de autobiografia nessa tirinha…

Heresias – parte 2

Publicado: 08/08/2011 por josueflausino em Reflexão, Vídeos

Por que o Nosso pastor Silas Malafaia Mudou de opinião a respeito da teologia da prosperidade ?

 

Abraço

Saudações meus amigos. Espero que estejam bem. Desejo sincero.

Essa tarde, não por acaso, mas por obra do Destino, como na verdade acontecem todas as coisas em nossa vida, assisti a um filme muito bom, segundo minha opinião: Última Semana (One Week). O filme, cujo tema é nada original por sinal, conta a história de um rapaz, noivo, bom filho, cidadão padrão, que descobre ser portador de um câncer ultra agressivo. O médico lhe dá então, na melhor das hipóteses, dois anos de vida. Como sói acontecer nesse tipo de momento, o jovem se desespera. Após algum tempo de reflexão, decide então comprar uma moto e fazer uma viagem aleatória para o oeste de seu país, – Canadá – antes de começar a fazer o tratamento, que provavelmente seria apenas um paliativo. O fato é que esse acontecimento em sua vida o leva novamente a fazer, depois de muitos anos, algo que realmente desejava. O resto do filme, bem como o desfecho, remeto ao vosso interesse em assisti-lo.

A temática do filme, como já dito, não é nova. Contudo, o que me causou um profundo estado de meditação dessa vez foi a conclusão a qual cheguei. Fui corajoso o suficiente para admitir minha situação e dessa vez pensá-la mais seriamente. Espero que você faça o mesmo, enquanto lhe resta tempo…

A questão é a seguinte: Se você descobrisse que só tem uma semana de vida, o que você faria? Sem ter medo algum de estar me precipitado, posso afirmar CATEGORICAMENTE que a maioria de nós irá responder mencionando coisas que certamente não são as que costumamos fazer em nosso cotidiano! Estou errado? (mais…)